Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Armazenagem

Codapar oferece espaço aos produtores para estocar feijão

AEN
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

A Companhia de Desenvolvimento Agropecuário do Paraná (Codapar), empresa de economia mista vinculada à Secretaria da Agricultura e do Abastecimento, está colocando à disposição dos produtores paranaenses de feijão espaço em algumas unidades de sua rede de armazéns distribuídas pelo Estado para estocar suas produções.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

A empresa oferece armazenagem aos pequenos e médios produtores, através do "Programa de Apoio à Pós-Colheita na Agricultura Familiar", criado pelo governo do Estado, que tem por objetivo torná-los mais competitivos no mercado, e com a vantagem de obter uma tarifa diferenciada, que lhes dá opção do pagamento dos serviços prestados com o próprio produto. O produtor pode armazenar pelo tempo que quiser e negociar o produto no mercado consumidor quando melhor lhe convier.

Continua depois da publicidade


Nas últimas semanas, grandes quantidades de feijão têm sido estocadas nas unidades de Campo Mourão, Santo Antonio do Sudoeste, Terra Roxa, Cruzeiro do Oeste, Assaí, Campo Largo e Ivaiporã. A unidade de Pato Branco, por exemplo, em apenas três dias, recebeu 50 mil sacas. Em Guarapuava a procura também está sendo grande. Aqueles que desejarem negociar com o Governo, também poderão utilizar as unidades da Codapar, uma vez que a empresa foi credenciada pela Conab para receber a safra de feijão no Paraná, e operar com AGF (Aquisição do Governo Federal) e PAA (Programa de Aquisição de Alimentos).


O atrativo para quem armazena nos armazéns credenciados é que podem negociar seu produto por melhores preços. Hoje o valor pago por um saco de feijão é de R$ 63,00 sendo que a Conab está pagando pelo feijão tipo 1 R$ 82,39 pelo AGF, e R$ 87,60 pelo PAA.

Para divulgar o programa, a Codapar está tendo apoio da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento, secretários municipais da Agricultura e chefes dos núcleos das vinculadas nas regiões produtoras de feijão. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (41) 3219-9300 com a gerência de Armazenagem.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade