Pesquisar

Canais

Serviços

Divulgação
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Imin 100

Praça da Imigração Japonesa de Londrina está quase pronta

Redação Bonde
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

A Praça do Centenário da Imigração Japonesa Tomi Nakagawa está praticamente pronta para ser inaugurada. Segundo a assessoria de imprensa do Imin 100 Londrina, restam poucos detalhes para finalizar a obra que será inaugurada pelo Príncipe Naruhito no dia 22 de junho às 10 horas.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

A praça que está sendo erguida no centro de Londrina será o único monumento no país a ser inaugurado pelo Príncipe e comitiva. A Praça ocupa o quadrilátero entre as Ruas Minas Gerais, Mato Grosso, Avenida Dom Geraldo Fernandes e a Rua Benjamim Constant.

Continua depois da publicidade


Vários elementos da cultura japonesa foram contemplados no local, como um Gazebo representativo da cerimônia do chá, espelhos d’água, lago seco, ponte, jardins, toriis (portais japoneses), totens de pedra, lanternas japonesas, espaço para reflexologia, com lâmina d’água e pedras para massagear os pés. A praça também possui um palco para apresentações.


Chama atenção um monumento com mais de 20 metros de altura que é constituído de duas torres que se encontram no cume. Uma pedra na base das torres simboliza o espírito japonês. O posicionamento destas torres foi determinado por um estudo minucioso, para que, ao amanhecer, os raios solares passem pelo vão do monumento e incidam sobre a pedra.

Continua depois da publicidade

Na praça foi construído um mural em granito que homenageia 104 imigrantes japoneses. Ela comporta até quatro mil pessoas. O nome da praça, Tomi Nakagawa, uma das imigrantes que chegou ao Brasil no primeiro navio japonês, Kasato Maru, que desembarcou em 1908 em Santos. Tomi residiu em Londrina até outubro de 2006, quando faleceu poucos dias antes de completar 100 anos.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade