Pesquisar

Canais

Serviços

- Karen Zhao/Unsplash
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Protocolos de segurança

Cinemas de Londrina preparam retorno após liberação do funcionamento em decreto

Vitor Struck - Grupo Folha
31 jul 2021 às 15:48
Continua depois da publicidade

Fechadas há mais de 16 meses, as salas de cinema em Londrina poderão operar com, no máximo, 50%, conforme regras estabelecidas no novo decreto estadual divulgado na noite de sexta-feira (30). A reportagem apurou que os proprietários das salas de cinema deverão retomar a operação ao longo da semana. Isso porque precisarão realizar a higienização das salas, reparos nos equipamentos e a orientação dos funcionários.

Continua depois da publicidade


De acordo com a superintendente do Boulevard Londrina Shopping, Tania Hara, a rede de cinemas que opera no local, o Cinemark, somente deverá retomar as atividades nesta terça-feira (3).

Continua depois da publicidade


"Eu acredito que vamos seguir rigorosamente os protocolos de segurança e prevenção e que o grande resultado dessa abertura é por conta da vacinação. Acho que isso é reflexo da consciência da população em geral e que as pessoas vão respeitas as regras, vamos ter uma retomada da economia principalmente no último trimestre, contando com todos os cuidados", avaliou.


Ainda de acordo com ela, a rede Cinemark vai colocar em prática o distanciamento mínimo de 1,5 m em cada cliente já no momento da compra dos ingressos. "O sistema vai isolar as poltronas ao redor", explicou.

Continua depois da publicidade


Além disso, as salas deverão ser higienizadas após cada exibição, o que deverá reduzir o ritmo de exibições em comparação com antes da pandemia.


Reunião entre o prefeito Marcelo Belinati (PP) e representantes de cinco shoppings da cidade marcou a definição das regras para o funcionamento dos cinemas durante a tarde desta sexta-feira (30).


Proprietário do Cineflix, no Aurora Shopping, o empresário Douglas Mandrod disse estar muito animado e confiante com o retorno em Londrina, uma das 17 cidades em que possui salas de cinema. Além do Paraná, Mandrod atua em municípios de São Paulo, Mato Grosso, Rio Grande do Sul, Paraná e no Distrito Federal.


"Já vínhamos tentando sensibilizar a Prefeitura haja vista que já temos retornado nas demais unidades. Certamente, seguiremos todos os protocolos e a expectativa é muito grande, temos muitos lançamentos, principalmente no mercado de Londrina", afirmou.


De acordo com ele, os clientes estarão autorizados a consumirem alimentos e bebidas durante o filme. No entanto, deverão tornar a utilizar as máscaras em seguida. "Tem sido uma prática nas cidades em que já retornamos. Após o cliente consumir o produto, o cliente tem que usar a máscara. A equipe é instruída a sempre estar orientando as pessoas, e dentro das salas é feito uma verificação do cumprimento das normas”, explicou o empresário.


O Cineflix possui sete salas de exibição com capacidade para até 800 pessoas no Aurora Shopping. "Será o máximo de 400 pessoas distribuídas em cinco salas. Destas, duas são salas Vip", mencionou.


Embora o Governo do Estado já tenha liberado o funcionamento dos cinemas neste novo decreto, a reportagem procurou a Prefeitura de Londrina na manhã deste sábado (31) e foi informada que a equipe técnica de saúde está analisando o decreto e novidades sobre o assunto deverão ser divulgadas na live deste domingo (1º) do prefeito Marcelo Belinati.


De acordo com o Governo do Paraná, a flexibilização das regras levou em conta a queda de 39,6% na média móvel de mortes e 45,4% de novos casos em comparação aos 14 dias anteriores. Houve, também, queda nas taxas de ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e enfermaria exclusivos para o tratamento da Covid-19 e redução da taxa de transmissão da doença. De acordo com a Sesa (Secretaria de Estado da Saúde), este índice caiu de 1,48 no final de junho para 0,81, o que significa dizer que há uma desaceleração da pandemia no Paraná.

Veja mais informações sobre o decreto estadual aqui.


Continue lendo