Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Estado Islâmico

Bombardeios no Norte do Iraque matam 20 jihadistas do Estado Islâmico

Agência Brasil
27 dez 2015 às 11:29
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Pelo menos 20 membros do grupo terrorista Estado Islâmico (EI), entre os quais um líder militar e religioso local, morreram na sequência de bombardeio da coligação internacional na zona de Al Qayara, no Norte do Iraque.

Segundo a agência de notícia espanhola EFE, que cita Fares Al Sabaaui, responsável da milícia sunita Multitude Popular dos Clãs, destacada na área, o líder morto é Jalaf Hussein Jalaf, de nacionalidade iraquiana, comandante militar e líder religioso de Al Qayara.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Os ataques da aviação da coligação feitos nas últimas horas deixaram diversos feridos, além de destruir veículos e equipamentos militares do Estado Islâmico.

Leia mais:

Imagem de destaque
Europa

PSG goleia o Barcelona e chega à semifinal da Liga dos Campeões

Imagem de destaque
Olimpíadas

Paris, a cem dias dos Jogos, luta contra terrorismo e por promessa verde

Imagem de destaque
Análise

Movimento de descriminalização de drogas esbarra em falhas de políticas sociais

Imagem de destaque
F1

Alonso tem início mais tímido, mas vê Aston se comportando como time grande


Al Sabaaui acrescentou que os bombardeios aéreos tiveram como alvo sedes regionais do Estado Islâmico nos povoados de Douaizat Fauqani, Douaizat Tahtani e Sultan Abdallah, todas na região de Al Qayara.

A zona, a 50 quilômetros a sul da cidade de Mossul, é o segundo feudo dos jihadistas na província de Ninive e há cerca de um mês é alvo de frequentes ataques aéreos da coligação internacional. O Estado Islâmico tomou o controle de Mossul em junho de 2014 e, pouco depois, anunciou a constituição de um califado islâmico nas vastas áreas em seu poder no Iraque e na vizinha Síria.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade