Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Square Kilometer Array

Construção do maior radiotelescópio do mundo é iniciado na Austrália

Ansa Brasil
05 dez 2022 às 16:15
- Agência Espacial Australiana
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Começou nesta segunda-feira (5) a construção do maior radiotelescópio do mundo, o SKA (Observatório Square Kilometer Array), na Austrália e na África do Sul, com a Itália como protagonista.


A primeira fase da construção tem um custo estimado de 1,3 bilhões de euros, sendo que a Itália conquistou quatro grandes contratos no total de 300 milhões de euros, sendo 450 milhões de euros atribuídos a 50 contratos desde julho de 2021 até hoje.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Leia também: Cápsula Orion atinge ponto mais próximo da Lua.

Leia mais:

Imagem de destaque
Jovens devolvidos ao Brasil

Argentina aperta cerco contra estudantes brasileiros sem visto e 'falsos turistas'

Imagem de destaque
Medidas de precaução

Argentina vive explosão de casos de dengue e invasão de mosquitos

Imagem de destaque
Topless em frente à catedral

Ucraniana do OnlyFans é procurada pela Rússia por topless na Praça Vermelha

Imagem de destaque
'Não perdoaremos'

Israel declara Lula 'persona non grata' após comparação com Holocausto


Os quatro contratos cedidos à Itália e anunciados hoje dizem respeito à construção de infraestruturas na Austrália e África do Sul e à produção de antenas de média e baixa frequência.

Publicidade


O maior radiotelescópio do mundo se estenderá de fato com uma rede de antenas parabólicas pelos dois continentes, funcionando como um instrumento de escuta do universo.


Nos próximos 50 anos, espera-se que astrônomos e astrofísicos de todo o mundo tenham acesso ao Observatório SKA para responder a perguntas cruciais sobre as primeiras décadas de vida do universo e estudar alguns dos objetos mais misteriosos da astrofísica, como buracos negros, o nascimento e evolução das galáxias, a natureza da energia escura que compõe mais de 70% do universo.

Publicidade


O SKA também permitirá testar ainda mais a teoria da relatividade e, finalmente, ouvir quaisquer sinais de inteligências alienígenas com o instrumento mais poderoso capaz de fazê-lo.


As cerimônias de abertura foram realizadas quase que em simultâneo nos dois continentes e as infraestruturas e antenas do radiotelescópio vão ser construídas em várias fases, entre a Austrália e a África do Sul.


A primeira fase das obras deverá estar concluída em 2028. O objetivo final do projeto, cuja concepção começou há 30 anos, é ter milhares de pratos na África do Sul e nos países africanos parceiros do projeto, e um milhão antenas na Austrália.

Publicidade

Últimas notícias

Publicidade