Pesquisar

Canais

Serviços

- Ekaterina Bolovtsova/Pexels
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Adiado

Futuro de apucaranense preso com cocaína na Tailândia será definido em julho

21 mai 2022 às 09:15
Continua depois da publicidade

Ficou para o dia 18 de julho o julgamento que pode definir o futuro de Jordi Beffa, paranaense preso desde fevereiro na Tailândia com quatro quilos de cocaína. Além dele, outras duas pessoas, Ricardo de Almeida da Rosa e Mary Hellen Coelho Silva, também brasileiros, foram detidos por tráfico internacional de drogas. 

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


LEIA MAIS: Preso na Tailândia, jovem de Apucarana recebe visita de chefe do setor consular

Continua depois da publicidade


Beffa é natural de Apucarana, no Norte do Paraná, enquanto os outros acusados são de Pouso Alegre, no interior de Minas Gerais. A defesa da jovem informou que ela foi condenada a mais de nove anos de prisão pela Justiça tailandesa, que ainda não analisou o caso do apucaranense. 


Em nota, o advogado Petrônio Cardoso disse que "a Embaixada do Brasil em Bangkok conversou com Jordi Beffa nesta quinta-feira (19) e repassou as informações ao escritório na madrugada desta sexta de que o rapaz ainda não recebeu sentença definitiva". 


Cardoso descreve que "o caso dele (Beffa) estaria ainda em investigação por ter sido encontrada uma quantidade considerada pequena de cocaína. A sentença final deve vir em julho, quando acontecerá a audiência. A expectativa otimista é que ele seja sentenciado por crime civil e que possa ser solto mediante pagamento de multa". 

Continua depois da publicidade


Continue lendo na Folha de Londrina.

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade