Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Pensilvânia

Homem é preso após tentar matar pastor em culto ao vivo nos EUA

Folhapress
08 mai 2024 às 12:21
- Reprodução/Facebook
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Um culto que estava sendo transmitido pela internet na Pensilvânia, nos Estados Unidos, foi interrompido no começo da tarde de domingo (5) quando um homem armado tentou atirar no pastor que conduzia a cerimônia.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Leia mais:

Imagem de destaque
Lixo aumentando

Em 2050, pode haver mais plástico que peixe nos oceanos

Imagem de destaque
Por que esse nome?

'Lua Cheia de Morango' poderá ser observada a partir desta sexta; entenda o fenômeno

Imagem de destaque
Ação contra o governo britânico

Ativistas vandalizam pedras de Stonehenge, na Inglaterra, com tinta laranja

Imagem de destaque
Dia dos Pais

Kate Middleton homenageia príncipe William com imagem inédita e mensagem de amor

No vídeo, é possível ver o suspeito se aproximando de Glenn Germany durante o sermão e sacando a armaem sua direção. O pastor tenta se proteger atrás do púlpito enquanto o diácono Clarence McCallister corre até o altar para segurar o agressor.

Publicidade


O suspeito é um homem de 26 anos e, segundo a polícia, tentou atirar contra o pastor, mas sua arma falhou. Nas imagens, é possível ver o próprio pastor desarmando o homem que tentava feri-lo.


"Estou muito grato", disse Germany à BBC. "Ele atirou. Dá para ouvir o clique da arma." O pastor contou que viu o suspeito entrar e sorrir para ele e presumiu que era uma pessoa que iria falar com outro membro da igreja. "Mas em vez disso ele veio bem aqui onde estou. Foi aí que ele sacou a arma."

Publicidade


O incidente foi capturado no vídeo transmitido ao vivo pela igreja. Germany disse à imprensa local que nunca tinha encontrado o atirador antes do domingo. "De repente, eu vi uma arma apontada para mim. E, naquele momento, tudo o que pude fazer foi correr para me proteger."


Não está claro ainda o que motivou o suspeito a atirar no pastor, mas o líder religioso disse ter conversado com seu potencial agressor após o incidente. "Ele disse, 'olha, espíritos estavam na minha mente. Eles entraram na minha mente e me disseram para entrar e atirar no pastor.' Ele realmente se desculpou comigo. Eu disse a ele que o perdoo e 'quero que você saiba que te amo'."


O suspeito foi formalmente acusado de tentativa de homicídio, agressão agravada e imprudência ao colocar outra pessoa em perigo, segundo os registros judiciais. Ele teve um pedido de fiança negado e deve seguir detido até pelo menos a audiência preliminar marcada para o próximo dia 13.


Após o ataque na igreja, a polícia disse ter encontrado o corpo de um homem baleado na casa do suspeito. A vítima era um homem de 56 anos da família do atirador, mas o grau de parentesco não foi informado pelas autoridades.


Imagem
Cinemas no Paraná exibem vídeo da campanha “Defenda-se”
Cinemas do Paraná exibirão, ao longo do mês de maio, o vídeo da campanha Defenda-se, “Peça ajuda!”. A an
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade