Pesquisar

Canais

Serviços

- Everson Bressan SECS
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
'Paraná em Ação'

Agentes de saúde do PR fazem campanha contra a dengue

Agência Estadual de Notícias
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

Apesar da gripe A (H1N1) ter tomado conta do noticiário nacional, os agentes de saúde de Marechal Cândido Rondon não descuidam da dengue, doença transmitida pelo mosquito aedes aegypti. A equipe de Zacarias Santos Filho, coordenador de endemias do município, dá orientações a quem vai à 58.ª edição do programa Paraná em Ação. "A ordem é não descuidar, mesmo porque estamos em área de fronteira e os casos importados são os que mais preocupam", afirma.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

"O controle da dengue feito diariamente pelos agentes de endemias. No momento estamos com tudo sob controle. No município, temos dois casos confirmados. São dois casos de pessoas doentes que vieram de outras cidades. Do município, não tivemos, neste ano, nenhum caso confirmado até o momento", informa Zacarias.

Continua depois da publicidade


Segundo ele, existem no município – sede e interior – 82 pontos considerados críticos, como borracharias, ferros-velhos, oficinas mecânicas e cemitérios. "A cada 15 dias, estes locais são inspecionados. São feitos seis ciclos ao ano de visita de casa em casa, à procura do mosquito transmissor da doença e dos criadouros".


A campanha contra a dengue ganha o reforço de 11 agentes de saúde a partir da próxima semana. Assim, o trabalho que era desenvolvido por 17 agentes passa a contar com 28. "Com isto, pretendemos intensificar as visitas e inspeções. Fazer um trabalho mais forte nas escolas, com a apresentação de teatro, palestras, e entrega de folders e panfletos. Vamos ampliar a panfletagem nos estabelecimentos comerciais e em pontos de grande aglomeração de pessoas. Não vamos dar nenhuma chance para a dengue".

No Paraná em Ação, os agentes de saúde montaram um estande para apresentar a maneira correta de armazenar pneus e garrafas, para se evitar água parada. Mas a grande atração, principalmente da criançada, foi a agente que vestiu fantasia do mosquito aedes aegypti.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade