Pesquisar

Canais

Serviços

- Divulgação
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Operação Verde Brasil

Bombeiros do Paraná voltam após 21 dias combatendo incêndios na Amazônia

Rodolfo Salloum - Estagiário*
23 set 2019 às 16:04
Continua depois da publicidade

Chegou ao fim a participação dos bombeiros paranaenses na operação Verde Brasil, que está combatendo as queimadas na região da Amazônia.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Ver essa foto no Instagram

Missão Cumprida! Hoje regressamos para casa com sentimento de dever cumprido 🚒🇧🇷 A experiência foi única e mais uma vez o Corpo de Bombeiros do Paraná serviu nossa pátria com excelência de serviço demonstrando toda a dedicação, empenho e profissionalismo dos nossos Bombeiros militares #corpodebombeiros #porumavidatodosacrificioédever #brasil #combateaincendios #florestaamazônica #florestal

Continua depois da publicidade

Uma publicação compartilhada por Corpo de Bombeiros Paraná (@bombeirosparana) em


Ao todo, 30 oficiais do Paraná atuaram durante 21 dias na ação no município de Novo Progresso, na serra do Cachimbo, no Pará.


"A equipe enfrentou muitas dificuldades, tendo até sofrido acidentes. Um dos oficiais da cidade de Foz do Iguaçu quebrou a perna e precisou passar por cirurgia. Outro bombeiro da cidade de Pato Branco sofreu um corte superficial na perna, tendo levado nove pontos. Um terceiro da região de Ponta Grossa teve um olho perfurado, teve acompanhamento oftalmológico e não perdeu a visão”, comentou o tenente-coronel Edson Manassés, em entrevista ao Portal onde

Continua depois da publicidade



Manassés destaca que, apesar dos acidentes, o balanço da operação é positivo. Dada a magnitude do incêndio, esses contratempos são normais, mesmo utilizando todos os equipamentos de proteção individual.


De Londrina, quatro oficiais participaram da ação, que ainda não foi encerrada pelo governo federal. Indagado pela reportagem se outros bombeiros do Paraná devem ser enviados para a operação, o tenente-coronel afirmou que, no momento, não existe essa possibilidade.

*Sob supervisão de Larissa Ayumi Sato.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade