Pesquisar

Canais

Serviços

Manifestantes durante o protesto pela instalação de praça de pedágio na BR-116. - Gerson Palu/AEN
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Manifestação

Dois mil protestam contra pedágio na rodovia BR-116

Redação Bonde
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

Segundo dados da Polícia Militar, a manifestação reuniu mais de duas mil pessoas na BR-116, na divisa de Mandirituba, Região Metropolitana de Curitiba. Os manifestantes conseguiram marcar para esta terça-feira (26) uma nova audiência pública com representantes da concessionária.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

"Mais uma vez estamos sendo lesados pela ganância das concessionárias de pedágio. Agora querem construir uma praça no perímetro urbano da cidade", disse o deputado Luiz Claudio Romanelli (PMDB).

Continua depois da publicidade


O protesto foi organizado pelo Fórum Popular Contra o Pedágio em conjunto com a Câmara Municipal de Mandirituba e entidades representativas dos caminhoneiros. Além da manifestação, foi realizada uma audiência pública que contou com a participação de representantes de Campina Grande do Sul e São José dos Pinhais. "A audiência serviu para os presentes discutirem as respostas encaminhadas pela concessionária Planalto Sul, que foi obrigada pelo Ministério Público a fornecer as informações", informou Romanelli.

O deputado lembra da vitória obtida pela população de Jacarezinho, que tinha uma praça em situação irregular, caso semelhante ao encontrado na BR-116. "É o mesmo caso da praça de pedágio de Jacarezinho. O pedágio foi instalado na divisa das cidades, em perímetro urbano, dividindo bairros interligados. Esse pedágio é ilegal e a praça deve ser removida ou a concessionária liberar o bloqueio", disse Romanelli. As praças de Jacarezinho na rodovia BR-369 só estão abertas em função de liminar do Supremo Tribunal Federal para concessionária Econorte.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade