Pesquisar

Canais

Serviços

Falta de chuvas fez o volume cair para 600 mil litros - Reprodução
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Estiagem

Falta de chuvas reduz pela metade volume das Cataratas

Redação Folha de Londrina
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

A estiagem que afeta o Paraná reduziu pela metade a vazão das Cataratas do Iguaçu, um dos principais pontos turísticos do país. Segundo a chefia do parque nacional, o normal é que, em média, 1,2 milhão de litros por segundo passem pelas quedas. A falta de chuvas, porém, fez o volume cair para 600 mil litros.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

O chefe do parque, Jorge Pegoraro, afirma que a redução da vazão - que ocorre desde janeiro - é incomum nesta época do ano. Segundo Pegoraro, o volume de água costuma diminuir nos meses de junho e agosto. ''Não choveu o que deveria chover no verão e as águas de março não vieram'', afirma ele.

Continua depois da publicidade

A preocupação da direção do parque é que a estiagem se prolongue e prejudique ainda mais a vazão na metade do ano, o que pode desestimular as visitas nas férias de julho.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade