Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Ibaiti

Libertada mulher presa por não pagar pensão

Fernanda Borges - Folha de Londrina
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

Depois de passar 24 dias na carceragem da Delegacia Regional de Polícia de Ibaiti (Norte Pioneiro), foi liberada a mulher de 32 anos que foi presa por não pegar a pensão alimentícia aos quatro filhos menores. Ela foi solta depois de ter pago R$ 530 ao pai dos filhos. A moradora de Ibaiti, que está desempregada e grávida de cinco meses, quer lutar na Justiça pela guarda dos filhos.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

A mulher foi presa no dia 10 de fevereiro em cumprimento a um mandado de prisão expedido pela Vara de Família de Curitiba, onde vive o ex-marido e os filhos. A mãe da mulher, uma aposentada que também reside em Ibaiti, foi até a Capital e quitou a dívida. ''Minha filha não é nenhuma criminosa e só não pagou antes porque não tinha condições mesmo. Agora ela vai tentar conseguir a guarda dos filhos porque têm muito amor por eles'', comentou a mãe, que preferiu não se identificar.

Continua depois da publicidade


Enquanto estava presa, a mulher escreveu uma carta aos policiais da delegacia para contar sua história. Segundo a carta, ela teria deixado os filhos com o ex-marido para conseguir um emprego e depois voltar para buscar as crianças. Porém, segundo ela, o homem teria ido até a polícia alegando abandono por parte da mãe dos filhos e exigindo dinheiro.


''Fomos no Fórum de Curitiba e eu me comprometi a dar R$ 100 para as crianças por mês. Trabalhei em uma padaria e num ferro-velho, mas sempre indo ver as crianças e levando roupa e dinheiro. Vou entrar com um recurso e vou pedir a guarda dos meus filhos'', declarou a mulher na carta.

Na Delegacia de Ibaiti, a mulher permaneceu numa sala separada dos demais detentos, recebia visitas em horários de rotina da carceragem. ''Ela só chorava dia e noite e foi por isso que eu fiz o que pude para pagar.''


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade