Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Curitiba

Vigilância Sanitária interdita pensão na Avenida Iguaçu

Redação - Bonde
08 jul 2003 às 08:59
Continua depois da publicidade

A Vigilância Sanitária interditou na tarde de segunda-feira uma pensão, na Avenida Iguaçu, por falta de condições de higiene e segurança. No local viviam de oito a dez pessoas – sendo cinco idosos.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

De acordo com a Secretaria Municipal de Comunicação, a interdição foi feita depois de denúncia anônima recebida pela Polícia Civil na semana passada. Parentes de um dos moradores informaram que ele vivia em cárcere privado.

Continua depois da publicidade


Policiais foram barrados no local e só conseguiram entrar com mandado de busca e apreensão. A dona do local não foi encontrada e os policiais prenderam um rapaz que seria filho dela.


A ação contou com o apoio de uma equipe do Resgate Social. Todos os moradores terão oito dias para sair da casa. A coordenadora de Atenção ao Idoso, Stela Maris Dallastella, informou que a FAS vai acompanhar cada caso, para verificar se eles possuem família ou recursos para pagar outra pensão.


Alguns já informaram que vão procurar um novo local por conta própria. Caso não encontrem, poderão ser encaminhados para abrigos provisórios.

Continua depois da publicidade


O militar aposentado Álvaro Schriner, de 74 anos, ocupou um dos quartos nos últimos quatro anos. Pagava R$ 200 por ele. Tecla Pereira, de 70 anos, vive ali há dois anos. Desempregado, Lino Cordeiro Ribeiro, 53, pagava R$ 100 por um aposento.

Todos os aposentos foram interditados. A cozinha e os banheiros estavam imundos e havia pássaros vivendo em gaiolas. O delegado Rogério Haisi, do 2º Distrito, disse que a polícia vai investigar o paradeiro da proprietária e ela será responsabilizada por colocar em risco a saúde e a vida das pessoas.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade