Pesquisar

Canais

Serviços

As agências bancárias poderão deixar de funcionar sem vigilância - Arquivo Folha de Londrina
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
A partir do dia 2

Vigilantes anunciam greve e bancos devem fechar

Marilayde Costa - Redação Bonde
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

As tentativas de negociações entre os vigilantes do Paraná e a classe empresarial não avançaram e a categoria decidiu decretar greve por tempo indeterminado a partir da zero hora do dia 2 de fevereiro. A decisão foi anunciada ontem após fim de uma rodada de negociações em que mais uma vez não houve acordo entre as partes.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

O anúncio coloca em alerta as agências bancárias que poderão deixar de funcionar caso a greve seja realmente deflagrada. A atual legislação atrela a abertura de agência bancária a presença de no minímo dois vigilantes, caso contrário não é permitido sua abertura ao público.

Continua depois da publicidade


A campanha salarial teve início em novembro de 2008 e a proposta patronal apresentada no dia 15 deste mês foi totalmente descartada pela categoria.

Os vigilantes pedem aumento real de 5%, conforme Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) integral, vale refeição de R$ 15,00 e adicional de risco de vida de 15% sobre o valor do salário reajustado em 5%. Já o sindicato patronal ofereceu reajuste de R$ 62,30 no atual piso salarial (R$ 890), acrescido de R$ 4,69 no valor do adicional de risco e mais R$ 0,70 no vale refeição.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade