Pesquisar

Canais

Serviços

- Divulgação
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Durante o feriadão

Força Verde autua homens por pesca ilegal com rede

Redação Bonde
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

Durante o feriadão do Dia do Trabalho, a polícia ambiental autuou pescadores e apreendeu 2,2 mil metros de rede e 63 kg de peixe. A apreensão foi feita por uma equipe de policiamento aquático nos rios Tibagi e Taquara do Reino, entre os municípios de 1º de Maio e Ibiporã.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Segundo a 2ª Companhia de Polícia Ambiental Força Verde, os pescadores que realizavam pesca em desacordo com a legislação ambiental foram autuados e responderam a procedimento administrativo que somam um total de R$ 5 mil em multa, além de responderem termo circunstanciado pelo crime de pesca.

Continua depois da publicidade


De acordo com o capitão Hilberaldi Correia de Lima, a Policia Ambiental tem intensificado a fiscalização aquática visando diminuir prática de pesca predatória na região, o que vem prejudicando o equilíbrio natural de nossa biodiversidade nos rios da nossa bacia hidrográfica.


Crime


O uso de redes, tarrafas, espinhel, anzol de galho, galão (cavalinha) é proibido para os pescadores amadores, que têm a pesca como atividade de lazer. E seu uso também é proibido em rios como o Ivaí e o Piquiri, desde 2004 (Portaria nº 218 do IAP).

Continua depois da publicidade


O pescador profissional pode fazer uso de rede e espinhel, desde que esteja respeitando os limites e dimensões estabelecidas pela Instrução Normativa n.º 30 do Ministério do Meio Ambiente, de 13 de Setembro de 2005, e que não seja no período de piracema – período de reprodução de diversas espécies de peixes.

O telefone para denúncias é o 0800 - 643 03 04, a ligação é gratuita e pode ser feita a qualquer hora sem a necessidade de se identificar.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade