Pesquisar

Canais

Serviços

- Reprodução/Catve.com
Continua depois da publicidade
Em Cascavel

Preso mandante de atear fogo em ônibus no Paraná

Redação Bonde
29 mar 2016 às 20:16
Continua depois da publicidade

Um homem apontado como mandante dos ataques contra ônibus em Cascavel (região Oeste do estado), foi preso na tarde desta terça-feira (29).

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

O mandante, Lucas Gustavo Pastre, cuja idade não foi informada, foi detido por policiais que integram a força-tarefa montada por mais de 100 policiais civis e militares para intensificar o policiamento nas ruas da cidade e também investigar as causas das ações contra o transporte coletivo registradas na noite de segunda-feira (28).


José Henrique Alves também foi preso suspeito de atear fogo num carro na mesma noite. Até o momento, são quatro pessoas presas e dois adolescentes apreendidos suspeitos de envolvimento com os incêndios criminosos.


Os incêndios criminosos tiveram início na madrugada da última segunda-feira (28), após um adolescente ser morto por um policial durante um assalto a residência. O primeiro ônibus foi incendiado por um primo da vítima, horas após o ocorrido. Ele também acabou morto durante confronto policial.


Em seguida, no início da manhã, um segundo ataque foi registrado. Por volta das 20h, mais um incêndio criminoso contra ônibus e, por fim, um veículo particular também foi alvo do ataque.

Continua depois da publicidade


A Polícia Civil suspeita que os ataques possam ser represálias à morte do adolescente. Para coibir o clima de tensão na cidade, policiais da região foram deslocados até Cascavel para dar suporte e apoio à polícia do município.


Após os primeiros incêndios, a Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná montou uma força-tarefa com policiais do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc), assim como policiais militares da Companhia de Polícia de Choque e da Rotam (Rondas Ostensivas Tático Móvel), que foram deslocadas para a região para colaborar com as investigações. Um helicóptero da Polícia Militar também está auxiliando o trabalho dos policiais.

Ainda na segunda-feira, a polícia havia prendido dois homens e apreendido dois adolescentes. Um dos detidos foi abordado por policiais militares quando tentava atear fogo em um ônibus, e o outro já foi reconhecido pelas vítimas.


Compartilhar nas redes:

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade