Pesquisar

Canais

Serviços

Antes de ser preso, Carlos Eduardo Sundfeld Nunes saiu do carro e atirou, baleando no braço um agente da PF - Reprodução
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Na Ponte da Amizade

Suspeito de matar cartunista paranaense é detido em Foz

Agência Estado
15 mar 2010 às 09:08
Continua depois da publicidade

Carlos Eduardo Sundfeld Nunes, suspeito pela morte do cartunista Glauco Villas Boas e de seu filho Raoni, foi preso às 23 horas de domingo (14), enquanto tentava fugir do Brasil pela Ponte da Amizade, em Foz do Iguaçu, na fronteira com o Paraguai. Ele estava foragido desde sexta-feira (12). Segundo a Polícia Federal (PF) de Foz do Iguaçu, Nunes dirigia um Fiesta Preto roubado, com placa de São Paulo.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Ao ser abordado para procedimentos de rotina, ele saiu do carro e atirou, baleando no braço um agente da PF, que não corre risco de vida. Em seguida houve troca de tiros e Nunes foi preso em flagrante por tentativa de homicídio e resistência à prisão. "Ele é muito falante e continua dizendo que é Jesus", disse Ocimar Moura, agente da PF.

Continua depois da publicidade

Nunes estava com uma pistola usada igual a do crime, uma semi-automática oxidada 7,65 mm, e ficará preso na delegacia da PF até segunda ordem da Justiça Federal de Foz do Iguaçu. Ele deve ser indiciado por cinco crimes: duplo homicídio de Glauco e Raoni, roubo de veículo, resistência à prisão, porte ilegal de arma e tentativa de homicídio do agente da PF.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade