Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Aumento de 27,12%

Belinati afirma que não houve demora no envio dos projetos que aumentam salário dos GMs para a Câmara

Douglas Kuspiosz - Folha de Londrina
20 jun 2024 às 20:16
- Douglas Kuspiosz
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O prefeito de Londrina, Marcelo Belinati (PP), falou à imprensa nesta quinta-feira (20) sobre os projetos de lei que aumentam o salário dos guardas municipais. Ele disse que não houve demora para o envio dos PLs 111 e 112/2024, que aumentam em 27,12% o salário dos agentes e garantem o avanço de 34 níveis na carreira, e defendeu a legalidade das propostas, garantindo que foi feita uma análise jurídica criteriosa.


“O projeto é temporal, tem que aprovar até dia 5 [de julho]. Já enviamos os projetos, todos os pareceres, todas as informações que são pedidas, elas estão sendo acostadas ao projeto, eventualmente tem advogado que tem uma opinião, que acha que não pode, mas tem dez que diz que pode”, afirma.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Apesar de ter sido protocolado pelo Executivo no dia 5 de junho, as estimativas de impacto orçamentário-financeiro só chegaram para os vereadores na terça-feira (18). Antes, na segunda (17), foi protocolado o PL 118, que altera a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) de 2024 para prever o gasto com o aumento dos salários. Essas são medidas exigidas pela LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal) que não vinham sendo cumpridas pela Prefeitura.

Leia mais:

Imagem de destaque
Redes sociais

Lula diz que big techs lucram com disseminação do ódio e que vai retomar debate sobre regulação

Imagem de destaque
Entenda

Alta de tributo para compensar desoneração continua na mesa, diz Padilha após resistência do Senado

Imagem de destaque
Após muita discussão

Projeto de Lei que permite sepultamento de pets em cemitérios de Londrina é protocolado

Imagem de destaque
Na SRP

Londrina: Ministro da Pesca e Aquicultura destaca potencial do Norte do Paraná na piscicultura


Os textos já foram retirados de pauta a pedido do líder do governo, vereador Eduardo Tominaga (PP), em três oportunidades, e devem ser votados na próxima terça-feira (25).

Publicidade


Segundo a estimativa de impacto, os dois projetos devem gerar despesa de R$ 18,4 milhões em 2025. A origem do recurso apontada pelo Executivo nesta quinta, em um novo documento enviado à CML, é a área da saúde.


“Quem votar contra, vai votar contra porque é contra o projeto, porque é contra, muitas vezes, à GM. Não vai votar contra por outro motivo, não, porque não tem justificativa técnica”, garante o prefeito.


De acordo com Belinati, a valorização dos profissionais da GM é uma ação necessária por parte do poder público, uma vez que são servidores que “saem de casa com o risco de não voltar”. Ele também cita a atuação em diferentes frentes na cidade. (Colaborou Jéssica Sabbadini)


Imagem
Aumento salarial da Guarda Municipal terá impacto de R$ 18,4 milhões em 2025
A Prefeitura de Londrina estima que os projetos que aumentam o salário dos guardas municipais resultarão em uma despesa de R$ 18,4 milhões em 2025.
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade