Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade

Copel: Secretário assume no lugar de Custódio

Redação - Folha do Paraná
20 ago 2001 às 14:50
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O bloco de parlamentares pró-privatização da Copel reforçou seu time nesta segunda-feira. O secretário de Transportes Nelson Justus, licenciou-se do cargo de secretário para reassumir a cadeira na Assembléia Legislativa. Ele reassumiu no lugar do suplente Custódio da Silva (PFL) que estava em dúvida sobre seu voto na privatização da Copel.

O retorno de Justus à Assembléia deve durar apenas o mesmo tempo da sessão que votará o projeto popular que proíbe a privatização da Copel. A presença do secretário garante, no mínimo, 26 votos para o governo e contra o projeto.

Cadastre-se em nossa newsletter

Segundo conta da liderança do governo da Assembléia Legislativa, no gabinete do deputado Durval Amaral (PFL), os votos contra o projeto popular e a favor da privatização devem chegar a 27, contra 26 ou 25 da opsição. Já a versão da oposição, afirma que chegará aos 27 votos e impedirá a venda da Copel. Caso haja empate na votação, o presidente da mesa, deputado Hermas Brandão (PTB) dará o voto de Minerva.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade