Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Excesso ou supervalorização?

Oposição questiona compra de pendrives pelo Governo

Redação Bonde
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

A compra de mais 22.790 pendrives pela Secretaria Estadual da Educação, causou estranheza aos deputados da Oposição na Assembléia. Para o líder da bancada, deputado Élio Ruch (DEM) a aquisição é mais um episódio nebuloso no caso das TVs laranja. A compra foi efetuada em 17 dezembro de 2008, de acordo com edital de pregão eletrônico nº 502/2008. O valor da compra ultrapassa R$ 600 mil.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

"Estranhamos mais esse gasto pela Secretaria de Educação, sem qualquer divulgação, que indica ser para equipar os famosos televisores laranja. Em setembro de 2007 já foram comprados 60 mil pen drives. Na época, a Secretaria de Educação informou que este seria o total de professores no estado. Por que mais esta compra?", questionou o deputado.

Continua depois da publicidade


Um requerimento foi aprovado solicitando informações à secretária de Educação, Yvelise Arco-Verde, sobre a compra deste novo lote do produto.


Os parlamentares receberam a informação que em julho de 2008 a Secretaria de Educação pediu autorização para a compra de 12.190 pen drives e também questionam. "Quando abriu o pregão eletrônico o total da compra foi muito superior", disse Rusch.

O requerimento solicita ainda informações sobre a entrega dos televisores laranja. Os deputados da Oposição querem saber se todos os aparelhos já foram entregues aos colégios e a quantidade entregue em cada escola do Estado (com Assembléia Legislativa).


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade