Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Ataque

Para Lula, Serra é um candidato 'desgastado'

Agência Estado
03 jun 2012 às 15:20
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Na tentativa de polarizar com José Serra, líder nas pesquisas para a Prefeitura de São Paulo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez ontem críticas ao pré-candidato do PSDB, sem, porém, citar nominalmente o tucano. No discurso de apoio ao pré-candidato petista, Fernando Haddad, Lula afirmou que o ex-ministro da Educação concorreria com um candidato "desgastado".

"Tem um que tá tão desgastado que nem sei por que ele quer ser candidato a prefeito", cutucou Lula, que utilizou a tática que será largamente usada pelo PT na campanha, a de lembrar que Serra deixou a Prefeitura de São Paulo após um ano e quatro meses e mandato. "Ele utilizou a cidade como um trampolim."

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


O ex-presidente afirmou ainda que o tucano deixou também o governo do Estado antes do fim do mandato e "tomou uma tunda da presidente Dilma" na eleição presidencial de 2010.

Leia mais:

Imagem de destaque
Na SRP

Londrina: Ministro da Pesca e Aquicultura destaca potencial do Norte do Paraná na piscicultura

Imagem de destaque
Anúncio nesta segunda

Donald Trump anuncia J.D. Vance como vice na disputa pela Casa Branca

Imagem de destaque
Como a facada

Aliados de Lula receiam fortalecimento da direita, e bolsonaristas tentam explorar atentado a Trump

Imagem de destaque
PR é o maior produtor de tilápia

Ministro da Pesca cumpre agenda em Londrina nesta segunda-feira


Haddad adotou discurso semelhante e usou a mesma metáfora de Lula. "São Paulo cansou de prefeitos de meio expediente e de prefeitos de meio mandato", afirmou. "Jamais usarei a prefeitura como trampolim."


O ex-presidente disse que confia que tão logo se torne conhecido, o ex-ministro da Educação salte para um patamar superior a 30% nas pesquisas de intenção de voto.

A assessoria de Serra informou ontem que ele não iria comentar as críticas. "O Lula quer chamar Serra para o debate. Ele não é candidato. Nós não vamos cair nesta armadilha", declarou o coordenador da pré-campanha do tucano, Edson Aparecido. As informações são do jornal O Estado de São Paulo.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade