Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Eleições 2010

PT discute aliança com PDT

Agência Estado
03 out 2009 às 15:56
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A ministra da Casa Civil, Dilma Roussef, receberá na próxima terça-feira a bancada do PDT para debater o cenário político de 2010. A discussão sobre possíveis alianças na corrida pela Presidência da República irá ocorrer em um jantar na casa da ministra, em Brasília, segundo o articulador do encontro, o deputado federal Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), o sindicalista conhecido como Paulinho da Força. "Vamos dar início a essas discussões priorizando uma candidatura única da base governista", afirmou após a convenção estadual do partido.

Depois de ser sondado pelo PSB para compor a chapa com o deputado federal Ciro Gomes (PSB-SP), os trabalhistas agora defendem a união de PDT, PT e PSB, partidos da base governista. Paulinho, no entanto, defende que o nome do cabeça de chapa precisa ser discutido em toda base. "A Dilma é uma grande companheira, mas temos também o Ciro e o PDT coloca o nome do ministro Carlos Lupi (do Trabalho)", disse. Dilma é a pré-candidata do PT para a sucessão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Lupi também esteve presente à convenção do PDT em São Paulo. Na avaliação do ministro, que também é presidente nacional do partido, a disputa eleitoral de 2010 será marcada por aqueles que querem a continuidade do atual governo e pelos que são contra. "A candidatura tem que ser única para permitir que a população escolha se quer ou não a continuidade. Não é boa uma divisão na eleição", disse. O ministro defende o nome de Dilma para ser a candidata única dessa aliança.

Leia mais:

Imagem de destaque
Ex-procurador

Deltan Dallagnol diz que não está inelegível e articula se lançar a prefeito de Curitiba

Imagem de destaque
Eleições 2024

Pré-candidatura de Turini a Prefeitura de Londrina deve ser 'vitrine' do MDB no Paraná

Imagem de destaque
Tração animal

Vereadores votam contra Projeto de Lei que proíbe carroças em Londrina

Imagem de destaque
Comemoração

Festa de 94 anos de Sarney reúne ministros e líderes do Congresso em Brasília


Na convenção, o PDT escolheu hoje os integrantes do diretório regional, que também será presidido por Paulinho, e fez uma cerimônia para receber os novos afiliados do partido. O destaque foi a entrada de Ronaldo Giovanelli, ex-goleiro do Corinthians, que deverá sair candidato a deputado estadual no ano que vem.

Enquanto a aliança nacional não for definida, o PDT não irá articular nome ou possíveis negociações para a disputa ao governo do Estado de São Paulo.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade