Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Hauly X Barbosa

Saiba o que candidatos programam para horário eleitoral

Loriane Comeli - Redação Bonde
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

Começa nesta sábado (14) o horário eleitoral gratuito do novo segundo turno das eleições municipais em Londrina. Luiz Carlos Hauly (PSDB) e Barbosa Neto (PDT) já estão com os programas de rádio e televisão prontos e garantem que pretendem apresentar apenas propostas, sem críticas ao adversário. No entanto, nas entrelinhas, deixam escapar o que poderá vir por aí. No primeiro turno, ficaram claras as desavenças entre os dois; no segundo turno, mesmo Barbosa não sendo candidato, as críticas mútuas não pararam.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Hauly

Continua depois da publicidade


Luiz Carlos Hauly disse ao Bonde nesta manhã que fará uma campanha propositiva, lembrando aos eleitores as propostas apresentadas no primeiro e no segundo turno, quando disputou as eleições com Antonio Belinati (PP), que teve a candidatura impugnada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).


Questionado sobre sua intenção de fazer críticas a Barbosa Neto, Hauly disse que o uso dessa estratégia será definido pelo setor de marketing da candidatura, coordenado pelo senador Álvaro Dias (PSDB). No segundo turno, Hauly pegou pesado contra Barbosa, que apoiou explicitamente Belinati. O tucano lembrou que Barbosa era um crítico ferrenho do ex-prefeito, quando este estava sendo acusado de corrupção na prefeitura, mas, mesmo sem concordância de seu partido, resolveu apoiar Belinati em novembro passado.


"O que eu quero é comparar meu passado com o dele (Barbosa), confrontar meu presente e o dele; quero mostrar ao eleitor o que eu fiz e o que ele não fez por Londrina", declarou Hauly, acrescentando que espera críticas por parte do seu adversário. "Ele já está fazendo isso nos comícios; me critica o tempo todo".

Continua depois da publicidade


Barbosa


O candidato do PDT também disse que pretende fazer uma campanha propositiva, enfatizando os projetos que têm para Londrina. "É com com projetos que a gente conquista o voto do eleitor", declarou ao Bonde. Para Barbosa, a extensão do período para realização de uma nova eleição favorece o aparecimento de novas propostas. "O realinhamento de forças do terceiro turno propicia essa mudança. Com todas as discussões que tivemos foi possível amadurecer as propostas".


Ele afirmou que seu diferencial em relação a Hauly é o apoio do governo federal - até em razão da rivalidade entre PSDB e PT. "Os recursos da prefeitura são poucos comparado com as depesas e, por isso, precisamos contar com o dinheiro do governo federal para investir em Londrina", avaliou.


Sobre os possíveis ataques durante a breve disputa eleitoral, o candidato do PDT garantiu que não pretende fazer uso desta estratégia, mas responderá caso seja atacado. "Queremos discutir propostas, mas também temos a obrigação de responder ao eleitor", finalizou.


Serviço


A propaganda eleitoral será entre este sábado (14) e 26 de março, incluindo os domingos. Cada candidato terá 20 minutos, divididos em dois blocos diários. No rádio, o horário eleitoral gratuito será das 7 às 7h20 da manhã e de 12 às 12h20. Na televisão, a veiculação será da 13h às 13h20 e das 20h30 às 20h50, tal qual em um segundo turno regular.


Além disso, a lei reserva 30 minutos diários para exibição de inserções de até 60 segundos, que devem ser distribuídas ao longo da programação veiculada entre as 8 horas e as 24 horas.

As eleições serão em 29 de março e o voto é obrigatório.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade