20/09/20
°/°
PUBLICIDADE
Criado por ONG

Site mostra como governo gasta dinheiro do Orçamento

O Instituto de Estudos Socioeconômicos (Inesc) lançou nesta terça-feira, 20, um site que permite visualizar em gráficos e tabelas como o governo federal gasta os recursos previstos no Orçamento da União. O Orçamento ao seu Alcance usa informações oficiais e permite fazer pesquisas por área e órgão, a partir de 2010.

Acesse o Orçamento ao seu Alcance


A página traz os valores atualizados por mês dos gastos já autorizados pelo governo, de quanto foi pago e de quanto foi executado por ministérios, Câmara, Senado e demais órgãos federais. Além de facilitar a visualização e ajudar na compreensão desse tipo de informação, o objetivo do Inesc com o projeto é chamar atenção para o acompanhamento dos gastos. "Todos os órgão públicos brasileiros gastam menos dinheiro do que foi planejado para eles, com diversos graus de ineficiência", diz o Inesc, ONG dedicada a aprimorar mecanismos de participação da sociedade civil em políticas públicas.

Em 2013, por exemplo, dos R$ 1,59 trilhão autorizados, R$ 821 bilhões foram pagos e R$ 773 bilhões não foram executados, o equivalente a 48,5% do total. Até agora, do valor total autorizado, os chamados "encargos especiais" receberam a maior fatia (37,88%). Neles estão gastos com dívidas e para educação básica. Na sequência, com 27,33%, vêm a previdência social, seguida da saúde (5,84%) e educação (5,15%). As informações disponíveis no site são do Siga Brasil, sistema de informações do Senado sobre o orçamento público.

Dentro de cada órgão, é possível visualizar por mês o quanto já foi autorizado e está acumulado, e como o dinheiro foi gasto (pessoal, investimento e encargos). O site mostra ainda a divisão dos valores dentro dos órgãos, por unidades orçamentárias. A partir das informações do Ministério da Educação, por exemplo, é possível ver quanto foi destinado a fundações e a cada universidade federal. Todos os dados estão disponíveis para download em formato aberto e legível por máquina, o que permite desenvolvedores criar aplicativos para internet ou mesmo outras formas de visualização dessas informações.
Agência Estado
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Continue lendo
Pandemia
Carreata em Londrina pede adoção de tratamento precoce contra a Covid-19
20 SET 2020 às 16h35
Tudo digital
Governo prepara extinção do parque gráfico do Estado
20 SET 2020 às 15h16
Em Peabiru
Polícia rodoviária apreende produtos estrangeiros em caminhão de Londrina
20 SET 2020 às 13h49
Nossa Senhora da Paz
PM entra em confronto com aglomeração e usa munição não letal para conter pessoas
20 SET 2020 às 12h58
Futuro Emergencial
Ratinho sanciona lei para garantir empregos de jovens aprendizes na pandemia
20 SET 2020 às 12h05
Mais que a indústria
Agronegócio aumenta demanda por frete em 10% em 2020
20 SET 2020 às 11h18
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados