Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Londrina

Vereadores querem quarentena para ex-secretários

Loriane Comeli - Redação Bonde
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

Depois de tentar impedir o prefeito Barbosa Neto (PDT) de nomear secretários com "ficha suja", um grupo de vereadores quer agora proibir quem ocupou cargos do primeiro escalão de exercer atividades em empresas privadas do mesmo ramo da atividade pública pelo período de um ano, após ser exonerado. Assim, o presidente da Sercomtel, por exemplo, não poderia trabalhar em qualquer empresa privada ligada à telefonia.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

De acordo com o projeto de emenda à Lei Orgânica do Município (LOM), o número 2/2009, assinado por Tito Valle (PMDB), Marcelo Belinati (PP), Joel Garcia (PDT), Gerson Araújo (PSDB), Roberto Fortini (PTC) e Rony Alves (PTB), os secretários e os presidentes e diretores de autarquias e empresas públicas ficam obrigados a assinar termo de compromisso para respeitar a quarentena de um ano.

Continua depois da publicidade


Na justificativa, os vereadores assinalam que secretários municipais obtêm, em razão do cargo, informações privilegiadas que, sem a quarentena, poderão utilizá-las "em benefício das empresas ou de seus representantes legais ou acionistas, em desfavor dos interesses de Londrina e dos londrinenses".


A Comissão de Justiça, apontando vício de iniciativa, concedeu parecer contrário ao projeto.


Matéria relacionada:
Londrina: projetos criam feriado e proíbem subir tarifa


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade