Pesquisar

Canais

Serviços

Gerson Araújo: "Eu acredito que a indicação do Agajan foi uma imposição de Belinati" - CML
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Secretaria de Saúde

Vereadores também criticam nomeação de secretário

Loriane Comeli - Redação Bonde
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

Vereadores da base de apoio ao prefeito eleito Barbosa Neto (PDT) e da oposição criticaram a escolha de Agajan Der Bedrossian para a Secretaria de Saúde. Os governistas foram mais evasivos nas declarações, mas mostraram descontentamento.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Antes mesmo da indicação de Agajan, um grupo de vereadores – encabeçado por Joel Garcia (PDT) e com o apoio dos outros dois pedetistas – apresentou o projeto de lei 109/2009 proibindo a nomeação de secretários com 'ficha suja', citando aqueles que respondem processo criminais.

Continua depois da publicidade


Roberto Fú (PDT) disse preferir não falar sobre o assunto por ser "marido traído": "Nem sabia que o nome dele (Agajan) tinha nomeado; costumo ser o último a ficar sabendo das coisas", brincou. Ao ser questionado sobre o projeto 109, que assinou, retomou a seriedade e disse que a matéria era "ilegal e inconstitucional", e foi evasivo ao ser questionado sobre o aspecto moral.


"Na minha opinião, todos os secretários deveriam ser pessoas novas, deveria haver renovação", afirmou, acrescentando que irá reforçar sua função de fiscalizar o Executivo.


Outro pedetista ouvido pelo Bonde foi Sebastião Raimundo dos Santos, que também disse desconhecer a indicação de Agajan para a pasta da Saúde. "O Barbosa indicou o Agajan, foi? Xi...", surpreendeu-se o vereador que afirmou estar em Curitiba. "Eu gostei das primeiras indicações e sobre o Agajan as pessoas falam que ele responde a processos, o que com certeza causa desgaste à administração municipal", avaliou.

Continua depois da publicidade


Oposição


A oposição foi menos condescendente. O vereador Gerson Araújo (PSDB), que também assinou o projeto 109, disse que o governo de Barbosa "já começou complicado". "Eu acredito que a indicação do Agajan foi uma imposição de Belinati, que surgiu do apoio que o ex-prefeito deu à candidatura do Barbosa", analisou Araújo. "Mas infelizmente foi escolhida uma pessoa que responde mais processos".


Gerson Araújo disse que ainda sabe como será o posicionamento do PSDB ou da Câmara em relação à indicação de alguém que responde processo criminal. "Isso complica o governo porque mostra a ingerência direta do grupo de Belinati na administração do Barbosa: ele já entra amarrado", criticou. "Mesmo eu sendo oposição, não esperava isso do prefeito eleito".


Leia também:

Associação Médica lamenta escolha do secretário da Saúde


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade