Pesquisar

Canais

Serviços

Reprodução
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Para uma casa linda!

Conheça os diferentes tipos de cerâmica e acerte na escolha

Redação Bonde
06 jun 2016 às 22:04
Continua depois da publicidade

Os revestimentos cerâmicos sempre estiveram entre os principais itens da lista de construção, mas de uns tempos para cá, esse item vem ganhando destaque e expandindo os horizontes, literalmente! Ele saiu do piso e da parede e chegou nas bancadas, piscinas, soleiras, escadas e até na churrasqueira, isso porque a peça está em constante evolução e se apresenta com design inovador, texturas diversas, cores sofisticadas e formatos inusitados.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Diante de todas invenções, os revestimentos cerâmicos ganharam espaço em todos os cômodos e se tornaram o queridinho da decoração e, assumidamente, um grande aliado para o resultado final. Não sabe por onde começar? Tome nota nas dicas que separamos da Cerâmica Portinari:

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


1. Cerâmicas comuns


Elas são bastante duráveis e, geralmente, compostas por argila e minerais que passam por um processo de queima em alta temperatura, o que determina a resistência à abrasão e à absorção de água pelo material. Pode ser usada em pisos, e paredes.


* Tome nota: Os revestimentos para parede também são chamados de monoporosa. Eles são bastante resistentes e duráveis, porém são mais porosos que os porcelanatos, por isso não podem ir no chão. A diversidade de design aqui também é enorme, vai desde os queridinhos brancos até tons fortes, mix de cores e designs variados.

Continua depois da publicidade


2. Porcelanatos


Eles são produzidos a partir de uma mistura de porcelana e minerais. O porcelanato tem índice de absorção de água muito próximo a zero, sendo altamente resistente e durável. Bastante versátil e com uma enorme variedade de acabamentos, cores e formatos, esse tipo de revestimento pode ser instalado em pisos e paredes de ambientes internos e externos. Fique atento ao local de uso indicado, visto que há porcelanatos exclusivos para áreas internas como os polidos e acetinados e outros para áreas externas como os antiderrapantes, por exemplo. Uma dica bacana é que qualquer tipo de porcelanato pode ser usado na parede, tanto interna quanto externa.


3. Pastilhas


As charmosas e pequenas pastilhas de cerâmica, que se tornaram hit no mundo da decoração, têm uma boa variedade de cores e formatos, além de excelente alternativa para destacar determinada área de um ambiente. A aplicação pode ser feita em fachadas, áreas de lazer, cozinhas, banheiros, cabeceira de cama, painel de tv, piscinas etc. Elas ainda podem ser de vidro, de porcelanato e ainda estão disponíveis em um mix com pedra, vidro e metal. Elas são vendidas em telas para tornar a aplicação muito fácil e rápida. Uma dica legal é que a argamassa de aplicação das pastilhas também serve para rejuntá-las, prático não?


4. Relevos com aspecto 3D

Eles garantem o destaque de um ambiente! Os revestimentos cerâmicos com volumetria são indicados para paredes e podem decorar halls, salas ou mesmo fachadas. A grande sacada aqui é abusar na iluminação. O jogo de luz e sombras no revestimento com relevo faz com que ele salte aos olhos e fique realmente com o visual 3D tão desejado.


Continue lendo