Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade

Acreditação é tema de workshop em Curitiba

19 abr 2007 às 11:00
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A capital paranaense recebe alguns dos maiores especialistas em administração hospitalar do Brasil no dia 20 de abril, para o workshop "A Qualidade como Fator de Diferenciação dos Serviços de Saúde". Composto por cinco painéis e um debate estruturado, o evento acontece das 8h30 às 18h30, no Hotel Bourbon Curitiba.

A abertura do workshop acontece às 9h, com a palestra do vice-presidente executivo e diretor médico do Grupo VITA, Francisco Balestrin, que busca compartilhar o modelo de gestão e qualidade adotado pelo Hospital VITA Curitiba, mostrando como o processo de acreditação pode interferir tanto no crescimento do setor de saúde no Brasil, quanto na satisfação e segurança dos investidores, gestores, funcionários, fontes pagadoras e usuários.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


De acordo com Balestrin, o processo de acreditação é uma ferramenta essencial, tanto nos hospitais particulares, quanto nos públicos. "O sistema de saúde brasileiro precisa reavaliar seus processos focando-os em resultados, que só podem ser avaliados se definirmos os indicadores daquilo que entendemos como os melhores para nossas atividades. Sem eles, não conseguiremos medir coisa alguma e continuaremos a direcionar nossas ações por meio da intuição", explica.

Leia mais:

Imagem de destaque

Miniônibus oferece mais conforto para até 36 passageiros

Imagem de destaque

IBAPE-PR promove curso de perícia e aspectos do Novo Código de Processo Civil

Imagem de destaque

A Marcopolo irá fornecer 25 unidades modelo urbano Torino para a Coesa Transportes Ltda

Imagem de destaque

No dia 20 terá início a 24ª edição da Busworld Europe, em Kortrijk, na Bélgica


Às 9h, o médico psiquiatra e administrador Fernando Boese, coordenador do projeto de qualidade hospitalar da Unimed Fortaleza, inicia o debate sobre a visão das fontes pagadoras das instituições acreditadas, mostrando que a acreditação passou a ser um diferencial de qualidade e segurança para as operadoras de saúde.

Publicidade


Em seguida, o médico ortopedista e administrador hospitalar Luiz Plínio Moraes de Toledo, presidente do conselho de administração da ONA (Organização Nacional de Acreditação), revela as perspectivas do sistema brasileiro de acreditação para 2007. Às 11h30, o superintendente médico de acreditação do IQG (Instituto Qualisa de Gestão), Rubens José Covello, explica o processo de avaliação e auditoria para a obtenção do certificado.


No período da tarde, executivos do Grupo VITA e de outros hospitais acreditados revelam os resultados obtidos com a acreditação. O diretor de operações do Grupo VITA, Luiz Sérgio Santana, e o superintendente do VITA Curitiba, Mauricio Uhle, apresentam resultados operacionais. Já o superintendente geral de operações do Hospital Samaritano de São Paulo, Sérgio Lopes Bento, e o diretor de controladoria e finanças do Grupo VITA, Ernesto Fonseca, mostram alguns resultados econômicos-financeiros.

Publicidade


O debate estruturado inicia às 16h30, com o tema "Visão do Futuro". Os convidados debaterão sobre a evolução do processo de acreditação para prestadores de serviços, operadoras de planos e demais instituições de saúde no Brasil. O módulo será coordenado pelo diretor de relações institucionais do Grupo VITA, Marcelo Pina, e terá como convidados o presidente do Conselho de Administração da ONA, Luiz Plínio Moraes de Toledo, o diretor da Sul América Seguros, Roberto Galfi, e o superintendente médico de acreditação do IQG, Rubens José Covello.


O encerramento do evento acontece às 18h, com a cerimônia de entrega do certificado de excelência ao Hospital VITA Curitiba, que atingiu o nível máximo de acreditação hospitalar (de quase 8 mil hospitais existentes do Brasil, apenas 14 possuem o mesmo título, que os classificam entre os melhores do Brasil). Mais informações e inscrições pelo site www.idealiza.com.br/qualidade ou pelo telefone (41) 3016-7175.

Publicidade



Sobre o VITA Curitiba



O VITA Curitiba é o primeiro hospital do Paraná a conquistar Acreditação em Nível de Excelência. O grau máximo da certificação coloca o hospital curitibano entre os melhores do País – de quase 8 mil hospitais existentes do Brasil, apenas 14 possuem o mesmo título e dois deles pertencem ao Grupo VITA (VITA Curitiba e VITA Volta Redonda).

Publicidade


De acordo com a gerente do escritório de qualidade do VITA Curitiba, Bianca Celli, "a obtenção do título veio como resultado do esforço de todos os gestores, próprios e terceiros". O escritório de qualidade orienta e coordena todos os envolvidos a analisarem e acompanharem seus indicadores próprios e sistêmicos de processo e da gestão corporativa, focando-os nos melhores resultados, na melhoria dos processos e visando, acima de tudo, oferecer segurança para os pacientes – e não apenas resultados financeiros para a instituição.


Neste período de avaliações, foram dois anos de trabalho que envolveu 400 pessoas, sendo 22 grupos envolvidos em 600 reuniões. Foram investidas 15 mil horas-homem de trabalho, implantados cerca de 1.500 normas, rotinas e protocolos formalizados e aplicados, além de 350 indicadores estratégicos, operacionais e de processo definidos, apurados e analisados. O hospital passou ainda por reformas e ampliações em 1.500 m² de área física, 6 mil horas de treinamento, 337 ações de melhorias e 10 GB de informações produzidas.

Publicidade


Para o superintendente do VITA Curitiba, Mauricio Uhle, a conquista do nível máximo da Acreditação aumenta a responsabilidade e o compromisso com a qualidade da assistência, consolidando o hospital no cenário nacional. "Se chegamos até aqui não significa que devemos parar. Sabemos que ainda temos muitos pontos a melhorar e vamos continuar nos esforçando para atingir o máximo de qualidade em cada detalhe", promete.


Inaugurado em março de 1996 e adquirido pela VITA Participações e Empreendimentos em junho de 2000, o VITA Curitiba é um dos mais modernos complexos hospitalares do país, tendo como principal característica o atendimento de alta complexidade. O Hospital possui cinco áreas vocacionais estruturadas: Cardiologia, Neurologia, Ortopedia, Oncologia e Medicina de Urgência.

Publicidade


Localizado na BR 476, o VITA Curitiba possui mais de 22 mil metros quadrados, 140 leitos, (sendo 37 de UTI) e realiza uma média de 75 mil atendimentos emergenciais e 8 mil cirurgias por ano. Desde a inauguração, o empreendimento vem recebendo investimentos constantes em ampliação da infra-estrutura, modernização dos equipamentos, humanização no atendimento e qualificação dos profissionais, visando oferecer maior qualidade nos serviços prestados aos pacientes. Cerca de 95% dos atendimentos no VITA Curitiba são realizados via planos de saúde. O Hospital possui convênio com mais de 50 companhias.



--------------------------------------------------------------------------------



Sobre a Acreditação



A acreditação de serviços de saúde visa diminuir os riscos e estimular a melhoria contínua do atendimento oferecido. A avaliação envolve aspectos relacionados ao desenvolvimento da qualidade, tais como: adequadas condições das instalações e equipamentos; capacitação e desempenho dos recursos humanos; segurança dos procedimentos e atos; capacidade da instituição de medir os resultados de seus processos e poder melhorá-los. Este processo se caracteriza pela abordagem sistêmica dentro da lógica e especificidade dos serviços de saúde.


De acordo com o superintendente médico de acreditação do IQG (Instituto Qualisa de Gestão), Rubens José Covello, a acreditação de serviços de saúde é um sistema de avaliação externa, voluntário, periódico e reservado. "Obter um certificado é demonstrar, para a sociedade, a responsabilidade de todos os envolvidos (do hospital) com a qualidade da assistência prestada", ressalta.


A acreditação tem um caráter eminentemente educativo, voltado para a melhoria contínua, sem finalidade de fiscalização ou controle oficial. Para Covello, todos ganham na implementação deste modelo de gestão: "os médicos facilitam e aumentam a segurança dos procedimentos, os colabores diminuem o retrabalho, normatizam e facilitam as ações do dia-a-dia, a instituição tem os custos reduzidos, aumenta o envolvimento dos colaboradores, a fidelização dos pacientes e ainda estabelece um diferencial estratégico em relação à concorrência – e os clientes têm a certeza de um atendimento mais seguro, resolutivo, ágil e padronizado".



A metodologia utiliza como instrumento o Manual Brasileiro de Acreditação, que possibilita a avaliação de todos os serviços de um hospital. Para cada serviço foram definidos padrões (definições das expectativas mínimas relativas do que se é possível alcançar quanto ao desempenho de uma área ou departamento de um hospital). Estes padrões foram inseridos em três níveis de complexidade, estruturados com uma coerência sistêmica - o que garante o fato de que as estruturas e processos do hospital são de tal maneira interligados, que o funcionamento de um componente interfere em todo o conjunto e no resultado final.


No Nível 1 (Acreditação) as exigências do padrão têm o foco exclusivo na segurança, gerenciamento do risco da prestação de serviços e desempenho dos recursos humanos


No Nível 2 (Acreditação Plena) o foco é na organização do trabalho, suas normas, rotinas e protocolos atualizados e aplicados.


No Nível 3 (Acreditação em Nível de Excelência) as exigências possuem foco na gestão da qualidade e de seus resultados.


Cada padrão deve ser plenamente atendido, sempre através de evidências objetivas, para ser considerado como satisfatório em cada serviço ou seção avaliada. Portanto, a lógica do Sistema Brasileiro de Acreditação não permite que se avalie um setor ou departamento isoladamente, entendendo que um hospital só é acreditado se todos os serviços atingirem os níveis de qualidade desejados.


O Brasil conta hoje, segundo o Cadastro Nacional dos Estabelecimentos de Saúde (CNES), com 7543 hospitais, sendo que 2745 são públicos e 4671 são privados. Apenas 14 hospitais brasileiros são certificados com a Acreditação em Nível de Excelência da ONA. São eles:


q Biocor Hospital de Doenças Cardiovasculares (MG)


q Hospital Alemão Oswaldo Cruz (SP)


q Hospital Anchieta (DF)

q Hospital Dia e Mater


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade