Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade

Reciclagem: Flexiv em uma ação comunitária

31 jul 2003 às 18:40
Continua depois da publicidade

Indústria produz móveis a partir de sobras de material usando madeira e tecidos não aproveitados, funcionários da Flexiv criam
peças úteis para pessoas carentes, dentro do projeto Refavela
Armário com prateleiras e tampo que vira mesa, banquetas, jogos pedagógicos, mesa dobrável e até um berço, todos identificados como itens úteis e necessários para moradores de favelas, foram algumas das peças produzidas pelos funcionários da indústria de móveis para escritório Flexiv em uma ação comunitária no último dia 18 de julho. Os 50 funcionários pararam a linha normal de produção e dedicaram o dia de trabalho a pensar em soluções práticas utilizando sobras de materiais da produção diária da indústria. A ação faz parte do Refavela, programa
comunitário com o objetivo de melhorar a qualidade de vida dos moradores das favelas Vila Parolin e Zumbi dos Palmares, em Curitiba. O importante do processo, segundo o diretor da Flexiv, o arquiteto e designer Ronaldo Duschenes, é que a iniciativa poderá ter continuidade an cada mês, pois serão utilizadas sobras de materiais que regularmente ficam sem uso ao final da produção mensal. Madeira, tecido, metal, fitas de acabamento e outros componentes se transformarão em mobiliário e objetos
úteis que poderão ser doados mensalmente para pessoas carentes.
Divididos em grupos, os funcionários pensaram nas necessidades de diferentes moradores de áreas carentes: a dona-de-casa com vários filhos que precisa de um móvel para guardar panelas, o homem que sai cedo para trabalhar e precisa levar uma marmita, o homem desempregado que vive de pequenos serviços e
precisa guardar ferramentas, a criança que não tem brinquedos. Depois, construíram protótipos em tamanho natural, para comprovar a viabilidade da execução. O material deste primeiro dia de criação será encaminhado ao Refavela.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

CAMPANHA REVELA CRESCIMENTO DA UNIMED-CURITIBA
A Loducca Sul colocou no ar uma nova campanha da Unimed-Curitiba para mostrar os números alcançados pela cooperativa após um ano de investimentos em reestruturação financeira, modernização operacional e profissionalização administrativa. A agência criou cinco anúncios impressos que mostram os números divulgados pela revista Exame, que colocaram a Unimed-Curitiba na lista das 500 Melhores e Maiores empresas brasileiras.


"Todas as informações contidas na campanha são resultado de um ano de muito trabalho, com lançamento de novos produtos e serviços, reengenharia administrativa e financeira e novo posicionamento no mercado. Estamos comprovando que somos uma empresa saudável, pois isso é o mínimo que o cliente deve esperar da empresa que oferece a ele serviços de saúde", afirma Hudson José, diretor Comercial e de Marketing da Unimed-Curitiba. O principal mote da nova campanha é "A Unimed-Curitiba está crescendo forte e saudável". Segundo Hudson José, os anúncios são um reforço da comunicação que a cooperativa adotou no início da atual gestão. Entre os números mostrados na campanha está o fato de um em cada quatro curitibanos tem um plano da Unimed-Curitiba."Além dos dados econômicos, a campanha também está sendo a oportunidade de apresentar outras conquistas da Unimed-Curitiba, como o crescimento no número de clientes e o recebimento de prêmios. É uma campanha informativa e importante para que o mercado possa avaliar, em profundidade, a saúde da principal empresa de saúde da cidade", destaca Mario D'Andrea, presidente da Loducca Sul.

HOTEL ESCOLA DO CENTRO EUROPEU COM NOVA GERÊNCIA
O catarinense Nelson Eberspächeré o novo gerente-geral do Hotel Escola do Centro Europeu. Com formação na área e professor do curso de Hotelaria do Centro Europeu, Nelson já exerceu o cargo de gerência nos hotéis Rayon, Mabu, Promenade, Lizon e Deville. Segundo ele, exercer o cargo de gerência em um hotel-escola exige muita responsabilidade. "A função do Hotel Escola Centro Europeu é muito maior do que a de atender bem ao hóspede. Temos de prestar um serviço de excelência também para os alunos", afirma. Para ele, os alunos vêem no hotel uma possibilidade de vivenciarem na prática tudo o que aprenderam e se esforçam para tratar o hóspede de uma maneira única e especial.


Compartilhar nas redes:

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade