14/05/21
PUBLICIDADE
Cuide-se!

Dicas para começar o ano novo com mais saúde

Reprodução/Pixabay
Reprodução/Pixabay


Faltam apenas 24 dias para o final de 2020. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil é o campeão mundial em casos de transtorno de ansiedade e ocupa o segundo lugar em transtornos depressivos. Além disso, o percentual da população brasileira com mais de 20 anos considerada obesa mais que dobrou entre 2003 e 2019, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE): no período, a prevalência da obesidade feminina passou de 14,5% para 30,2%, enquanto a masculina subiu de 9,6% para 22,8%.


Segundo a médica clínica geral, Márcia Simões, atitudes simples conseguem transformar a saúde em poucas semanas, além garantir o bem-estar mental. "Mesmo que o ano esteja no fim, ainda dá tempo de colocar aquele plano em ação, e começar 2021 com novos hábitos para manter a saúde mental e física em dia”, afirma. Confira:

- Exames em dia!

É indicado fazer seus exames de sangue anualmente, para verificar se há algum déficit ou excesso de substâncias no organismo. Além disso, outros exames, como o Papanicolau, para mulheres, e exame de próstata, para os homens acima de 50 anos, são essenciais para um controle anula da saúde;

- Exercite-se!
Há quem diga que não sobra tempo ou que não sabe qual exercício praticar, mas uma caminhada de 40 minutos, pelo menos, quatro vezes por semana, já garante uma maior circulação, melhor funcionamento dos pulmões e a produção de endorfina, que ajuda a afastar as doenças mentais;

- Alimentação balanceada
A dica é consumir alimentos frescos, priorizar o consumo de verduras, frutas e evitar os processados. Se possível, consuma alimentos orgânicos, pois os agrotóxicos intoxicam o corpo e favorecem o aparecimento de doenças;

- Controle o peso!
A obesidade está ligada a doenças como hipertensão, diabetes, colesterol e doenças respiratórias, controlar massa magra e gordura é ideal para manter a saúde em dia;

- Saúde mental!
Priorize uma boa noite de sono, tenha uma rotina organizada e planeje a sua semana. Pesquisa realizada pela instituição de saúde pública do Reino Unido, Royal Society for Public Health, e do Movimento de Saúde Jovem, mostra que o compartilhamento excessivo de fotos no Instagram influencia negativamente a autoimagem, prejudica o sono e aumento o medo de não estar vivendo tudo o que a vida tem para oferecer. Então, priorize a realidade, deixe o celular de lado um pouco e invista em uma boa leitura, medite com frequencia e mantenha os pensamentos positivos.

Segundo a médica, mudar exige disciplina e orientação. "Visite o médico pelo menos uma vez ao ano e se não conseguir transformar as metas em ação, procure ajuda, seja do psicólogo, do nutricionista, do educador físico. A saúde precisar ser prioridade!”, afirma Márcia.
Assessoria de imprensa
PUBLICIDADE
Continue lendo
Poderosa

Aprenda a fazer a make usada pela Anitta no videoclipe "Girl From Rio”

14 MAI 2021 às 17h44
Magreza não é igual saúde

Obesidade metabólica: o que você precisa saber para evitar o quadro

14 MAI 2021 às 16h46
642 mortes

Número de óbitos de grávidas em 2021 já ultrapassa todo ano de 2020

14 MAI 2021 às 16h37
Celebrada em 14 de maio

Conheça a história de Santa Corona, protetora contra epidemias

14 MAI 2021 às 15h41
Cuidados com a pele

Acne provocada pelo uso de máscara contra Covid turbina venda de produto de pele

14 MAI 2021 às 15h37
Cuidados com a pele

Acne provocada pelo uso de máscara contra Covid turbina venda de produto de pele

14 MAI 2021 às 15h37
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados