Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Bem-estar e saúde

1º de setembro é o dia do profissional de educação física!

Comunicação/Ministério da Educação
01 set 2020 às 10:33
- Pixabay
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O dia do profissional que promove a saúde e a qualidade de vida da população, o educador físico, é comemorado nesta terça-feira, 1º de setembro. A data foi escolhida por ser a mesma em que a profissão foi regulamentada, em 1998, quando foram criados os conselhos estaduais e federal de educação física.


Sob a orientação desse profissional, é possível praticar atividades físicas respeitando os limites de cada um e as características individuais, garantindo assim o bem-estar dos praticantes em todas as faixas etárias, como explica o professor de educação física Tiago Drummond. "O profissional de educação física está relacionado com todas as faixas etárias. Desde o nascimento até a terceira idade. Ele vai trabalhar o desenvolvimento físico, motor, cognitivo e social das crianças. Sempre partindo das atividades mais simples para as mais complexas”, diz.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Assista: exercícios de alongamento e fortalecimento para a quarentena

Leia mais:

Imagem de destaque
Narrativas interativas

Por que livros-jogos voltam a ser mania envolvendo leitor em enigmas e aventuras

Imagem de destaque
Nova tendência

Homens deixam muita pele à mostra para combater caretice e padrões de gênero

Imagem de destaque
Veja os números

Mega-Sena 2736 acumula e premiação vai a R$ 47 milhões no sábado (15)

Imagem de destaque
Raízes culturais e históricas

De onde veio a festa junina? Conheça cinco curiosidades sobre a celebração


Já com os jovens, explica Drummond, busca-se mais do que o bem-estar. "Ele vai trabalhar com jovens incluindo-os no meio esportivo, social, buscando o respeito mútuo, a coletividade, a cooperação”, acrescenta. Ainda de acordo com ele, na fase adulta o trabalho se volta à manutenção, a formação de grupo social e a reintegração de uma pessoa que uma vez deixou o esporte e está tentando vincular de novo. Tiago Drummond é professor de educação física há 11 anos e acrescenta que, além de garantir a qualidade de vida das pessoas, as atividades físicas ajudam a prevenir vários tipos de doenças.


De acordo com ele, algumas dessas doenças passaram a ser preocupação recorrente entre as pessoas que procuram o profissional. "A gente está dando mais ênfase para essa parte, que é a parte da diabetes, da hipertensão e das doenças cardiovasculares, que está matando muita gente. E o profissional da educação física trabalha na manutenção da saúde. Ele vai ser responsável por fazer a aferição da frequência da pressão arterial, para saber como está o coração dessa pessoa, para fazer um trabalho mais bem elaborado. Então só o profissional de educação física vai poder realmente fazer esse trabalho.”

Depois de se formar, o profissional tem dois caminhos. Para aqueles que escolherem a licenciatura, atuarão exclusivamente com alunos do ensino fundamental e médio, dando todo o suporte para o desenvolvimento dos estudantes. Já para quem optou pelo bacharelado, há várias possibilidades, algumas mais tradicionais como musculação e ginástica, outras em moda, a exemplo do crossfit, o treinamento funcional e o personal trainer.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade