Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Eleições 2024

Justiça Eleitoral está preparada para combater fake news, afirma juíza de Londrina

Douglas Kuspiosz - Especial para a Folha
18 fev 2024 às 15:16
- Abdias Pinheiro/SECOM/TSE
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Apesar de as eleições municipais ocorrerem apenas em outubro deste ano, os eleitores e futuros candidatos precisam se atentar ao calendário da Justiça Eleitoral. Para tirar seu título ou regularizar a situação eleitoral, assim como alterar endereço e locais de votação, o prazo final é 8 de maio.


A data é a mesma para os jovens emitirem seus títulos. Em 2022, durante as eleições gerais, houve uma mobilização nacional da Justiça Eleitoral para estimular a participação da juventude no pleito. A tendência, explica a juíza da 146ª zona eleitoral de Londrina, Claudia Catafesta, é que isso ocorra novamente - com a realização de campanhas nas escolas e na comunidade, por exemplo.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


“Se o cidadão, o eleitor puder se antecipar e deixar isso resolvido para não perder o prazo e não enfrentar aquelas filas que a gente vê no penúltimo e último dia da regularização [é melhor]", diz a magistrada, citando que o momento do voto é o maior "exercício de cidadania".

Leia mais:

Imagem de destaque
Em maio

INSS bloqueia desconto de mensalidade na aposentadoria após denúncias

Imagem de destaque
Jorge Guaranho

Justiça nega pedido de prisão domiciliar de bolsonarista que matou petista no Paraná

Imagem de destaque
Entenda

STF forma maioria para ampliar foro especial, mas Mendonça interrompe julgamento

Imagem de destaque
Mística

Gisele Bündchen fala sobre relação íntima com astrologia e diz que segredo da beleza está nas fases da Lua


De olho nas eleições, um período central é a janela partidária, que ocorre de 7 de março a 5 de abril. É o momento em que vereadores e vereadoras podem trocar de partido sem perder o mandato. Já a data-limite para estabelecer filiação partidária e domicílio eleitoral é 6 de abril, seis meses antes do pleito.

Publicidade


As convenções para formação de coligações e escolha de candidatos poderão ocorrer entre 20 de julho e 5 de agosto. O registro das candidaturas vai até 15 de agosto.


Questionada sobre a atuação da Justiça Eleitoral na preparação do pleito, Catafesta ressalta que o trabalho é “ininterrupto” e que, ao seu lado, uma juíza e dois juízes estão à frente das outras zonas eleitorais da cidade.

Publicidade


A magistrada aponta que a Justiça Eleitoral tem expertise no combate às fake news e que isso tem melhorado ano a ano. O mesmo vale para a IA (Inteligência Artificial) classificada como "nociva" pela juíza. “Essa é a informação que recebemos ontem [quinta-feira, 15] do atual presidente [do TRE-PR, desembargador Sigurd Roberto Bengtsson]. Essa foi a resposta dele, que a Justiça Eleitoral está preparada e se preparando cada vez mais para essa situação”, acrescenta.


O Tribunal possui o projeto Gralha Confere, que recebe dúvidas da população sobre conteúdos que envolvem o processo eleitoral, a segurança do voto e a legitimidade da Justiça Eleitoral, publicados em sites e nas redes sociais. Para utilizar, basta salvar o número (41) 3330-8500 no celular e enviar uma mensagem para o contato por WhatsApp.


VEJA A ENTREVISTA NA FOLHA DE LONDRINA.


Imagem
Justiça Eleitoral está preparada para combater fake news, diz juíza
Saiba como a Justiça Eleitoral está se preparando para combater as fake news durante as eleições municipais. Conheça os prazos e responsabilidades dos eleitores e candidatos.
Imagem
Concurso da prefeitura de Londrina divulga cargos e banca organizadora
O concurso da prefeitura de Londrina definiu os cargos que estarão no certame e a organizadora.
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade