Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Golpe do Pix

Sanepar alerta para sites falsos que direcionam pagamento da fatura a golpistas

Redação Bonde com AEN
06 dez 2023 às 15:44
- Pexels
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A Sanepar (Companhia de Saneamento do Paraná) alerta os clientes para novo golpe sendo aplicado àqueles que buscam 2ª via da fatura. O esquema redireciona a pessoa para sites falsos em que o dinheiro do pagamento da conta acaba indo para golpistas. 


Os sites falsos usam o nome da Sanepar, com variações, com o objetivo de criar boletos falsos para o suposto pagamento de contas. A Companhia já registrou o caso na Polícia Civil.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


A Sanepar destaca que os episódios de fraude não se referem à invasão dos canais da empresa, que são seguros e confiáveis. O site oficial é www.sanepar.com.br. Qualquer variação que use o nome da empresa não deve ser acessada. O mesmo ocorre com o Whatsapp – o único número é (41) 99544-0115.

Leia mais:

Imagem de destaque
Entenda

'Quadro psicótico', diz Vanessa Lopes ao falar sobre o que a fez sair do BBB

Imagem de destaque
Eleições 2024

Justiça Eleitoral está preparada para combater fake news, afirma juíza de Londrina

Imagem de destaque
Alerta

Idosos e crianças fazem parte dos grupos de risco para dengue grave

Imagem de destaque
Treta

Polícia indicia mulher, amante e cúmplice por falso sequestro no Paraná


A empresa não envia QR Code ou chave pix para pagamentos pelo WhatsApp ou SMS e o QR Code fica disponível somente em faturas, inclusive na 2ª via. Ao fazer pagamento via pix, o cliente deve sempre conferir se o destinatário é “Cia de Saneamento do Paraná – Sanepar, CNPJ 76.484.013/0001-45”. O pagamento nunca é direcionado para pessoas físicas ou outros beneficiários.

Publicidade


Como maneira de se prevenir, evite clicar em links patrocinados que podem levar a sites falsos e induzir os clientes a ficarem suscetíveis a fraudes e desconfie de mensagens dando desconto por pagamento via pix. Na dúvida, entre em contato com a Sanepar pelos canais oficiais.


Caso tenha sido vítima de um golpe em que criminosos se passam por uma empresa, é possível entrar em contato com a instituição financeira de destino. O Banco Central criou um mecanismo conhecido como bloqueio cautelar, com essa medida, a instituição pode fazer um bloqueio preventivo da conta da vítima por 72 horas.


Outra possível medida é registrar boletim de ocorrência na delegacia de polícia, munido de todos os documentos que comprovem o golpe do pix. Em seguida, envie o B.O. à instituição financeira a fim de abrir uma contestação administrativa visando ressarcimento pelo banco.



Imagem
Percentual de pessoas em situação de pobreza cai para 31,6% em 2022
O percentual de pessoas em situação de pobreza caiu de 36,7% para 31,6% em 2022, enquanto a proporção de pessoas em extrema pobreza caiu de 9% para 5,9%, neste período.
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade