16/12/19
32º/19ºLONDRINA
R$ 6 milhões

Gestum anuncia incorporação da londrinense Oniria

A empresa de simuladores virtuais, serious games e soluções de gamificação Oniria, de Londrina, será adquirida pela Gestum, companhia de soluções de tecnologia educacional (e-learning) para empresas nascida no Rio Grande do Sul. A notícia foi dada ontem pela própria Gestum, que tem como sócios os fundos Warehouse Investimentos e Spectra Investimentos. O valor da transação informada pela empresa gaúcha foi de R$ 6 milhões em ações e dinheiro.

Rodrigo Martins, um dos sócios da Oniria, afirma que a incorporação ainda não foi finalizada e que o processo deverá ser concluído até o ano que vem. "Hoje ainda temos o controle da operação até a incorporação completa", afirma Martins. Ele e o sócio, Nícholas Haydu, ficam à frente da companhia, que passa a ser a divisão de gamificação, serious games e simuladores virtuais da Gestum. Até então, a Gestum possuía sedes apenas em São Paulo e no Rio Grande do Sul.


O nome da empresa também permanece o mesmo, e a equipe segue "intacta", assegura o CEO da Gestum, Cesar Braga. Investimentos a fim de aumentar a equipe em Londrina, por outro lado, estão sendo avaliadas pela companhia gaúcha, já que a cidade é considerada um "rico polo educacional".

Conforme Martins, a negociação com a Gestum está em andamento há mais de um ano e a iniciativa partiu da própria empresa, que busca maior força de vendas, mais velocidade de crescimento no mercado e mais canais de entrega com a incorporação. "Por um lado temos economia de custos comerciais e uma coisa acaba compensando a outra."

A incorporação da Oniria ocorreu dentro do processo de "crescimento inorgânico" pelo qual a Gestum está passando, com a aquisição de outras empresas que trabalham em áreas de seu interesse, afirma Braga. A companhia já havia comprado outras duas empresas paulistas da área de e-learning nos últimos três anos. A Oniria é a primeira de fora de São Paulo a ser adquirida pela Gestum. O CEO diz que o interesse pela empresa londrinense se deu pela sua estrutura e solidez. A qualidade dos projetos já entregues pela Oniria e o know how dos empreendedores à frente da companhia também teriam contado na decisão.

Crescimento
A empresa londrinense de tecnologia nasceu em 2001 na incubadora da Universidade Estadual de Londrina (UEL) e tem em sua carteira clientes importantes como Case IH, New Holland, Vale e Petrobras. A Gestum, de acordo com o seu CEO, tem cerca de 10% do market share de e-learning no Brasil, e entre 50 e 60 clientes no País. Entre eles estão Itaú, O Boticário, Lojas Riachuelo, Electrolux, MMartan, Comgás, Bradesco, Carrefour, Petrobras, XP Investimentos, TIM, Vale, etc.

O foco da Gestum no momento, conforme Braga, é o mercado brasileiro e a previsão é de crescimento de 30% esse ano e de 400% no acumulado dos últimos quatro anos. Até o fim de 2018, a perspectiva da companhia é dobrar de tamanho.
Mie Francine Chiba - Grupo Folha
PUBLICIDADE
comentários
Continue lendo
Lançamento na segunda-feira

Multinacional confirma unidade em Londrina

Nas vésperas no Natal

Bom movimento nos shoppings; chuva atrapalha vendas no Centro

Veja mais e a capa do canal
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE