27/10/20
PUBLICIDADE
Já começou a ler?

Confira a lista de obras literárias exigidas no Vestibular 2021 da UEL

Pixabay
Pixabay


Com a definição das datas do Vestibular 2021 da UEL, a COPS (Coordenadoria de Processos Seletivos) da UEL já planeja o próximo concurso, com foco na manutenção da qualidade das provas, buscando manter o padrão de conteúdo exigido. Para os estudantes que se preparam para o próximo desafio, vale lembrar que a COPS definiu no final do ano passado a nova Lista das Obras Literárias que serão exigidas nos Vestibulares de 2021 e 2022. A listagem reúne 10 autores e sofre modificações a cada dois anos.


Na nova lista, permaneceram três obras dos dois últimos vestibulares: Amor de perdição, de Camilo Castelo Branco; Clara dos Anjos (Lima Barreto) e Poemas escolhidos de Gregório de Matos. Além de autores clássicos da Língua Portuguesa, a lista traz autores contemporâneos, como a brasileira Luci Collin e o angolano José Eduardo Agualusa, e também os já falecidos Carolina Maria de Jesus, Gianfrancesco Guarnieri, Moacyr Scliar.

A relação sugerida pela UEL contempla uma multiplicidade de gêneros literários, desde romance, poema, até narrativas curtas, como conto e crônica, e peça de teatro. São cinco obras clássicas e outras cinco do modernismo e pós-modernismo, além de contemplar a literatura de países africanos de Língua Portuguesa.

Abaixo a lista de obras do Vestibular 2021 e 2022:

A palavra algo – Luci Collin (Iluminuras, 2016)

Amor de perdição – Camilo Castelo Branco (Melhoramentos, 2013)

Casa de pensão – Aluísio Azevedo (Martin Claret, 2013)

Clara dos Anjos – Lima Barreto (Martin Claret, 2011)

Contos novos – Mário de Andrade (Nova Fronteira, 2015)

Eles não usam black-tie – Gianfrancesco Guarnieri (Civilização Brasileira, 2017)

Histórias que os jornais não contam – Moacyr Scliar (LPM Editores, 2017)

O vendedor de passados – José Eduardo Agualusa (Tusquets, 2018)

Poemas escolhidos de Gregório de Matos – Gregório de Matos (Companhia das Letras, 2011)

Quarto de despejo – Carolina Maria de Jesus (Ática, 2019)

DATAS

O Vestibular da UEL será realizado em uma única fase, em 14 de março do próximo ano, com 50 questões objetivas e a redação. Para garantir o distanciamento seguro, serão colocados menos alunos nas salas de provas. As inscrições serão realizadas de 14 de setembro a 30 de outubro, no site da COPS. O preço público do Vestibular 2021 deverá ser definido nas próximas semanas pelo CA (Conselho de Administração) da UEL.

De acordo com o formato aprovado pelo CEPE (Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão), o Vestibular terá 36 questões objetivas de Conhecimentos Gerais; 10 de Língua Portuguesa e Literatura e quatro de Língua Estrangeira. Também será aplicada a prova de redação, com tema único. Os estudantes terão cinco horas para responder todas as questões e a fazer a redação.
O Perobal
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Continue lendo
Militarização do ensino

Paraná terá 215 colégios cívico-militares; região de Londrina vai ganhar 14

26 OUT 2020 às 18h34
Segunda quinzena

Aulas presenciais podem ser retomadas gradativamente em novembro, diz Ratinho Junior

26 OUT 2020 às 18h14
Entenda

Projeto da UEL usa Inteligência Artificial para mapear paisagem urbana

26 OUT 2020 às 15h04
Aulas mantidas

STJ rejeita recurso da Prefeitura de Londrina contra reabertura das escolas particulares

26 OUT 2020 às 11h25
Confira a lista

UEL oferece 23 especializações em diversas áreas

26 OUT 2020 às 10h49
Fies

Inscrições para vagas remanescentes são retomadas nessa segunda-feira

26 OUT 2020 às 10h23
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados