06/08/20
25º/13ºLONDRINA
PUBLICIDADE
Até 30 de abril

Fies 2020: estudantes que precisam validar informações ganham mais tempo

De acordo com a medida divulgada no DOU (Diário Oficial da União), desta semana, os estudantes selecionados no Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) ganharam mais 30 dias para validar os dados informados no momento da inscrição à CPSA (Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento) do Fies.

Agência Educa Mais Brasil
Agência Educa Mais <a href='/tags/brasil/' rel='noreferrer' target='_blank'>Brasil</a>


O prazo foi estendido pelo FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) para não prejudicar os selecionados. Até então, quem foi pré-selecionado no processo seletivo do Fies em 2020 tinha um prazo de cinco dias para comparecer à CPSA e concluir a inscrição e, posteriormente, ir em até 10 dias ao agente financeiro para formalizar a contratação do financiamento.

Agora, o prazo para aditamentos dos contratos firmados até o segundo semestre de 2017 vai até o dia 30 de abril, de acordo com o FNDE.

A iniciativa foi tomada por conta do atual cenário que o País enfrenta por causa do novo coronavírus (Covid-19). A medida também se estende para que, assim, os candidatos compareçam aos bancos para finalizar a contratação do financiamento.

Caso o estudante não consiga comparecer ao banco dentro desse período, deve solicitar junto à CPSA de sua instituição de ensino a retomada do processo após o retorno das atividades bancárias.

COMO FUNCIONA O FIES

O Fies é o financiamento do governo federal destinado a estudantes brasileiros que não têm condições de arcar com os valores das mensalidades de um curso de graduação, cujo financiamento é feito com base na renda do candidato.

O programa é dividido em duas modalidades: Fies, com juro zero, e P-Fies, oferecida pelos bancos, mas com recursos públicos em que há cobrança de juros.

O pagamento é iniciado após a conclusão do curso. Para participar do Fies é preciso ter feito alguma edição do Enem a partir de 2010 e obtido uma média igual ou superior a 450 pontos na soma das provas objetivas e maior que zero na redação. A renda familiar per capita para concorrer nessa modalidade é de até três salários mínimos. Já para o P-Fies o teto é de cinco salários mínimos.
Agência Educa Mais Brasil
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Conteúdo relacionado:
Suspensão de aulas
Fechamento de escolas impõe desafio inédito à educação
Veja a lista!
Aproveite a quarentena e cumpra suas horas acadêmicas com cursos gratuitos
Continue lendo
Você já conhece?
Palestra on-line sobre 'ansiedade de desempenho' aborda perfeccionismo e vulnerabilidades
05 AGO 2020 às 11h30
470 para Londrina
Inscrições para concurso da PM são reabertas no Paraná; confira
04 AGO 2020 às 19h18
Pandemia
Colégio de Londrina oferece apoio emocional e psicológico aos alunos
04 AGO 2020 às 18h45
Ensino médio e profissional
MEC autoriza aulas a distância em escolas técnicas federais
04 AGO 2020 às 15h58
Veja as novidades
Setor farmacêutico registra evolução durante pandemia
04 AGO 2020 às 11h39
Ensino remoto
UEM abre inscrição para empréstimo de eletrônicos
04 AGO 2020 às 11h30
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados