24/09/20
°/°
PUBLICIDADE
Qualidade de ensino

Londrina mantém Índice de Desenvolvimento da Educação Básica

Arquivo/N.Com
Arquivo/N.Com

 
A Secretaria Municipal de Educação manteve a média de 2017 no Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica). Os dados são referentes a 2019, e foram publicados hoje, terça-feira (15), pelo Ministério da Educação, por intermédio do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira).


A meta projetada para o Município pelo governo federal era de 6,4.

Esse resultado repete o resultado de 2017 e é o maior já registrado pela rede municipal, desde a criação do índice em 2005, e supera a média do Estado para Séries Iniciais do Ensino Fundamental, que para 2019 é 5,7. E resultado nacional é de 5,9. E o Estado do Paraná 6,5.

LEIA MAIS: Ensino do Paraná sobe três posições no Ideb em três anos

O Ideb calcula, em um mesmo indicador, o resultado do fluxo escolar e o desempenho dos alunos em português e matemática, mensurados por meio da Prova Brasil. Quanto maior índice, que vai de zero a dez, maior a taxa de aprovação e a média de aprendizado.

A cada dois anos os estudantes do 5° ano são avaliados pelo Saeb em Leitura e Matemática.

Em 2019 participaram da avaliação no Brasil 15 milhões de alunos, de 109 mil escolas. O último índice do Município, em 2017, foi de 6,8. Em 2015 o Ideb era 6,5. 

A unidade com melhor resultado atingiu a marca de 8,5, sendo ela a Escola Municipal Melvin Jones, localizada na Rua Afonso Pena, 91. Jd. Hedi.

"O resultado conquistado pela rede é motivo de comemoração. Estamos muito contentes com o Ideb no nosso município, especialmente porque conhecemos todas as dificuldades existentes, bem como os problemas enfrentados pelas escolas. Estamos muito satisfeitos com o crescimento de cada unidade, mais até que o resultado final do Município.
Outra comemoração se deve à evolução individual de cada escola da rede municipal", afirma a secretária de Educação, Maria Tereza Paschoal de Moraes.

Das 87 unidades, 52 aumentaram ou mantiveram seu índice, em comparação com o último Ideb. É importante reconhecer o esforço dessas escolas, e o investimento do Município na formação dos docentes. 
Surpresas: A E.M. Francisco Aquino Toledo, localizada no distrito de São Luiz subiu de 6,2 a 7,2, sendo a escola que mais apresentou aumento de sua nota individual.

IDEB OBSERVADO
2019 – 6,8
2017 – 6,8
2015 – 6,5
2013 – 6,4
2011 – 5,4
2009 – 5,7
2007 – 4,9

METAS PROJETADAS
2021 – 6,7
2019 – 6,4
2017 –6,2
2015 – 5,9
2013 – 5,7
2011 –5,4
2009 – 5,0
2007 – 4,7
AEN-PR
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Continue lendo
Página do Participante
Enem: estudantes têm até 1º de outubro para inserir foto no cadastro
23 SET 2020 às 14h22
Em mais de 60 áreas
UEL abre PSS que seleciona professores temporários para cadastro de reserva
22 SET 2020 às 20h26
Veja os requisitos
Enem 2020: Inep abre seleção para corretores de redação
22 SET 2020 às 17h19
Saúde mental
Entenda como os estudantes podem lidar com a pressão dos vestibulares
22 SET 2020 às 16h59
Próximo ano letivo
Matrícula escolar recebe mais de 9 mil cadastros em Londrina
22 SET 2020 às 15h02
Saiba mais
Companhia contrata profissionais de medicina para o programa Mais Médicos
22 SET 2020 às 11h31
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados