29/10/20
PUBLICIDADE
Dia Nacional

Retomada das aulas da Educação Infantil requer mais atenção

Agência Educa Mais Brasil
Agência Educa Mais <a href='/tags/brasil/' rel='noreferrer' target='_blank'>Brasil</a>


A educação infantil, responsável por iniciar a etapa de construção do conhecimento escolar na primeira infância, tem como marca o desenvolvimento neural dos pequenos, período esse em que se aprende a lidar com emoções e se relacionar com o próximo. Nessa etapa também se desenvolve as funções cognitivas.


Brincar, tocar, abraçar e compartilhar são ações ensinadas desde cedo às crianças, mas que, por questões de segurança, precisaram ser suspensas temporariamente em razão da prevenção à Covid-19. Embora exista uma falsa sensação de que na escola a criança só brinque, é neste ambiente que ela ganha habilidades que serão úteis por toda a vida.

Para a diretora do Colégio Essere, Priscila Raso, o retorno às aulas presenciais para os alunos da educação infantil é diferente dos ensinos fundamental e médio e das faculdades, em que os estudantes retomam as matérias. Nos alunos menores o processo é mais delicado pois envolve o emocional das crianças. Nesse sentido, esse público precisa manter as atividades em casa por mais tempo. No entanto, a diretora também avalia sobre a importância de se manter o vínculo escolar.

"Os pais deveriam aproveitar todo estímulo que a escola está oferecendo, mesmo remotamente. Se eles realizam as atividades que encaminhamos, está desenvolvendo habilidades cognitivas e socioemocionais, de forma criativa e inovadora. E o contato com as tias e professoras (on-line) ajuda a manter o vínculo deles”, reforça a educadora.

De acordo com Priscila, logo as crianças precisarão voltar às atividades e à escola. Por isso, manter esse vínculo com a instituição, colegas e professores, mesmo remotamente, é importante para, no retorno, não precisar começar a adaptação do início.

"Nas aulas remotas, as crianças estão recebendo todo estímulo necessário ao desenvolvimento. Lembrando, que o desenvolvimento das habilidades de função executiva começa, justamente, na primeira infância. Todos esses momentos para o estímulo das habilidades, auxiliarão nas questões pedagógicas de retorno dos pequenos à escola”, justifica.

Para a educadora, o desafio para os profissionais da educação que lidam com o público infantil vai ser trabalhar a questão emocional na volta às aulas. Por isso, manter o vínculo da criança com a escola durante o isolamento social é importante. "Esse período mexeu muito com a saúde mental das crianças”, pontua.
Agência Educa Mais Brasil
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Continue lendo
Concursos

Entenda a possível fusão entre IBAMA e ICMBio

29 OUT 2020 às 11h30
Conheça o Corona AI

UEL cria ferramenta que identifica fake news sobre a Covid-19

29 OUT 2020 às 10h31
Secretaria da Educação

Consulta pública sobre colégios cívico-militares é prorrogada até sexta-feira (30)

29 OUT 2020 às 09h55
Segundo relatório

Estados e municípios podem perder até R$ 40 bi de recursos da educação

29 OUT 2020 às 08h59
Decisão liminar

STF mantém aulas presenciais em escolas particulares de Londrina e região

29 OUT 2020 às 08h35
Avaliação

Cursos de Odontologia das estaduais alcançam patamar de excelência no Enade

28 OUT 2020 às 15h38
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados