04/12/20
PUBLICIDADE
Saiba mais

UEM retoma atividades administrativas presenciais nesta segunda

Divulgação/UEM
Divulgação/<a href='/tags/uem/' rel='noreferrer' target='_blank'>UEM</a>


Nesta segunda-feira, dia 19, a UEM retoma as atividades administrativas presenciais. Nos últimos sete meses estas vinham sendo realizadas por teletrabalho, exceto atividades essenciais como, por exemplo, assistência à saúde, zeladoria e vigilância. No dia 13 deste mês, o Gabinete da Reitoria e a Pró-Reitoria de Recursos Humanos e Assuntos Comunitários (PRH) publicaram as normativas com os protocolos e diretrizes previstos para que o retorno se dê dentro das adequadas condições sanitárias.


O reitor Julio César Damasceno disse que a decisão do retorno atende à Resolução nº 1.129/2020 da Secretaria de Estado da Saúde que estabelece "de forma excepcionalíssima o regime e a rotina de trabalho de todos os servidores que atuam nos Órgãos e Entidades da Administração Direta, Autárquica e Fundacional do Estado do Paraná, para o enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente da Covid-19”.

Segundo Damasceno, há uma preocupação com a retomada responsável das atividades e nesta direção algumas providências estão em andamento.

Mutirão de limpeza
Dentro das medidas preventivas adotadas pela Universidade para reduzir o risco de contaminação pelo SARS-CoV-2 teve início, no último dia 6, um mutirão de limpeza dos setores para que os ambientes estejam em plena condições de uso. O diretor de Serviços e Manutenção, Cleival Rejani, adiantou que o déficit de pessoal na zeladoria foi compensado com a contração de 15 novos funcionários terceirizados, que irão reforçar os serviços de limpeza que, segundo o diretor, serão feitos diariamente nos blocos que estiverem funcionando. "Além disso, será programada uma escala semanal para a limpeza mais pesada”.

Convém lembrar que o retorno das atividades se dará dentro de algumas regras de convívio que incluem cuidados pessoais como o uso obrigatório de máscaras no local de trabalho; distanciamento físico mínimo de 1,5 metro entre as pessoas; higiene meticulosa das mãos com água e sabão ou álcool a 70%; restrição quanto ao aperto de mão e outros contatos físicos, e demais itens de segurança estabelecidos pelo Sesmt (Serviço de Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho) no Manual de Segurança e Saúde do Trabalho ou no Anexo III, documentos que devem ser consultados pelos servidores para o retorno das atividades estabelecido pela Portaria nº 1.132/2020-GRE.

Falando sobre as medidas preventivas de distanciamento, higiene e uso de máscaras, o pró-reitor de Recursos Humanos, Luis Otávio Goulart, destaca a importância de cada um fazer a sua parte. "A responsabilidade pela redução dos riscos de transmissão da Covid-19 no ambiente de trabalho é de toda a comunidade universitária”, diz.

Fornecimento de máscaras e álcool gel
Edvaldo dos Santos Aragão, coordenador do Sesmt, explica que as máscaras e outros equipamentos de segurança serão distribuídos pelo Sesmt, mediante agendamento prévio para a entrega, que será feita no piso superior do Bloco 2. Cada setor deverá formalizar os pedidos através do e-mail [email protected]

Aragão explica que estão disponíveis inclusive protetores faciais do tipo face shield indicado para quem faz atendimento ao público e do tipo PFF2, para uso em laboratórios.

Segundo ele, há estoque suficiente dos diferentes equipamentos para atender a retomada das atividades administrativas. Assim como, está garantida a reposição dos materiais, uma vez que foi formalizado novo pedido de compra de equipamentos de segurança, que deve ser entregue em dez dias.

Para a retirada de álcool gel, pelos setores, será feita na Diretoria de Serviços e Manutenção, no Bloco 9.

Ajustes no ambiente de trabalho
Como medida preventiva, poderá ocorrer o revezamento através de escalas de trabalho e reorganização dos horários de entrada e saída, especialmente nos setores mais numerosos, reduzindo assim fluxos, aglomerações e o número de trabalhadores por turno.

Alteração da disposição dos mobiliários é outra recomendação para garantir o afastamento dentro dos ambientes de trabalho.

O vice-reitor, Ricardo Dias Silva, explica que cada unidade poderá adequar seu plano de retorno para as atividades presenciais. "O essencial é que a ocupação dos espaços administrativos respeite os protocolos estabelecidos e que seja observado o distanciamento, o uso das máscaras de proteção e as regras de higienização pessoais e dos equipamentos”, afirma.

Teletrabalho

Para os servidores que se enquadram no grupo de risco (idade igual ou superior a 60 anos, gestantes e lactantes, portadores de cardiopatias, pneumopatias e doenças crônicas, diabéticos etc) o regime de teletrabalho poderá ser mantido. Nesse caso, será necessário preencher o formulário de autodeclaração e enviá-lo, juntamente com os documentos que comprovem essa condição, à Diretoria de Assuntos Comunitários, que deliberará sobre a concessão ou negativa do mesmo.

Uma vez autorizado o pedido, a chefia imediata deverá preencher formulário próprio de teletrabalho com as atividades a serem desempenhadas, bem como as metas a serem atingidas.
Notícias UEM
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Continue lendo
Saiba mais

Núcleo de Gestão Pública acompanha evolução da Covid-19 em Londrina e Arapongas

04 DEZ 2020 às 11h00
De graça!

Intensivão online e gratuito para Enem reúne alguns dos melhores professores de Londrina

04 DEZ 2020 às 10h00
Segundo pesquisa

Diploma de ensino superior aumenta renda em 182%

04 DEZ 2020 às 09h46
Ação Educativa

Feira virtual de livros promove produção editorial de periferias de SP

04 DEZ 2020 às 09h37
Design de Moda

Estudante da UEL ganha Prêmio Destaque da Iniciação Científica do CNPq

03 DEZ 2020 às 15h20
Conheça o Edu e a Duda!

Educação ganha personagens para interagir com estudantes

03 DEZ 2020 às 10h59
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados