Pesquisar

Canais

Serviços

Folha de Londrina
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Imunização infantil

Vacinação de crianças contra Covid-19 traz esperança de aulas mais seguras em Londrina e região

Micaela Orikasa - Grupo Folha
10 jan 2022 às 07:52
Continua depois da publicidade

Com a inclusão das crianças de 5 a 11 anos no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19, a aplicação do imunizante da Pfizer no público infantil está bem próxima de ser realizada, de acordo com o Ministério da Saúde. Não será preciso apresentar pedido médico para aplicação das doses, apenas a autorização dos pais.  A imunização não será obrigatória e terá início em crianças indígenas, quilombolas, com comorbidades e deficiência permanente. A expectativa é de que as doses comecem a chegar no Brasil a partir do dia 13 de janeiro e que, até o fim do mês, o País receba um total de 3,7 milhões de doses.   

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


A vacina já foi aprovada pelas principais agências reguladoras de medicamentos e vacinas do mundo, após rigorosos estudos clínicos. Sua segurança e eficácia estão comprovadas e o imunizante está em uso nessa faixa etária (de 5 a 11 anos) em 30 países.

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


O uso da vacina da Pfizer contra a Covid-19 em crianças de 5 a 11 anos de idade no Brasil foi aprovado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) no dia 16 de dezembro de 2021. A vacina para o público infantil tem dosagem e composição diferentes daquela utilizada para os maiores de 12 anos. Ela será aplicada em duas doses de 0,2 mL (equivalente a 10 microgramas), com pelo menos 21 dias de intervalo entre as doses. 


A Anvisa destaca que "as vacinas contra Covid-19 foram desenvolvidas usando métodos científicos que já existem há décadas. Essas vacinas continuam sob o monitoramento de segurança mais intensivo da história mundial em diferentes países com forte estrutura de regulação".


Saiba mais sobre o assunto na Folha de Londrina.

Continue lendo