Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Inquérito concluído

Bruno de Luca não será indiciado por omissão de socorro a Kayky Brito

Folhapress
27 set 2023 às 18:32
- Reprodução/Instagram
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O delegado responsável pelo caso do atropelamento de Kayky Brito, Ângelo Lages, afirmou que Bruno de Luca não será indiciado por omissão de socorro. O apresentador, amigo de Brito, estava com o ator momentos antes dele ser atropelado.


O delegado falou ao UOL que Luca "não cometeu nenhum tipo de crime". O apresentador disse à Polícia Civil que viu o atropelamento do amigo na avenida Lúcio Costa, no dia 2 de setembro, mas que não sabia que se tratava de Brito.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


No início da investigação, Lages apontou Bruno como a principal testemunha do caso, já que Brito foi até seu carro minutos antes do acidente.

Leia mais:

Imagem de destaque

Morre Wilsinho Fittipaldi, ícone do automobilismo brasileiro, aos 80 anos

Imagem de destaque
4 anos e meio de prisão

Condenação de Daniel Alves é medida exemplar contra o machismo, diz vice-presidente da Espanha

Imagem de destaque
Relação não foi consentida

Daniel Alves: Ex-jogador é condenado a 4 anos e meio por estupro

Imagem de destaque
José Leonardo

É menino! Zé Felipe e Virgínia anunciam sexo do 3º filho


"Estou traumatizado. Pior coisa que aconteceu na minha vida. Ainda estou muito assustado. O Kayky é meu melhor amigo, a gente estava escrevendo uma peça juntos. Estava ali se divertindo, depois fui pagar a conta e aconteceu o que vocês viram", disse Bruno de Luca após prestar depoimento, no dia 6 de setembro.


Edivan Martins, funcionário do quiosque Dona Marta, onde os amigos estavam festejando, disse em depoimento que Bruno e Kayky não chegaram alcoolizados, e que beberam vodca e energético no estabelecimento.


Imagem
Polícia Civil descarta culpa de motorista no atropelamento de Kayky Brito
A 16ª Delegacia de Polícia Civil, da Barra da Tijuca, decidiu, nesta terça-feira (26), pelo arquivamento do caso de atropelamento do ator Kayky Brito.
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade