12/05/21
PUBLICIDADE
Com Covid-19

Paulo Gustavo não tem mais hemorragias, mas caso ainda é crítico

Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram


Internado a pouco mais de um mês o ator Paulo Gustavo, 42, segue enfrentando complicações com a Covid-19. Em comunicado divulgado nesta quinta-feira (15) a assessoria do humorista afirma que ele "segue em terapia intensiva e ainda se encontra em situação grave".


Segundo o comunicado, a equipe médica afirmou que foi possível "sanar as fístulas bronco-pleurais identificadas". "Nas últimas 48 horas também observamos a normalização da coagulação com o tratamento instituído e não mais detectamos sinais de hemorragias", completa.

"A situação clínica do paciente, embora ainda crítica, traz à equipe profissional mais confiança em sua recuperação. Estamos cientes que ainda temos um caminho pela frente", continua a nota, que completa dizendo que "o paciente permanece utilizando ventilação mecânica e ECMO."

Por fim, a família do ator agradece a todos que enviam carinho e fazem orações pela saúde do artista. "Continuem a enviar boas energias para a recuperação de todos os que se encontram na luta contra o vírus", disse o comunicado.

Entende o quadro

Paulo Gustavo foi internado no dia 13 de março após receber diagnóstico positivo para a Covid. A informação foi divulgada pela assessoria de imprensa dele dois dias depois, no dia 15/3. Na ocasião, o marido dele, Thales Bretas, disse que ele estava melhorando e agradeceu o carinho dos fãs.

Pouco mais de uma semana após a internação, no dia 21 de março, o ator precisou ser intubado porque estava com dificuldade para respirar. Na época, foi divulgado que o procedimento era uma precaução e Bretas disse que era "mais um passo na cura da infecção".

O ator respondeu bem ao tratamento e teve uma evolução positiva nos dias seguintes. Porém, no dia 2 de abril, o estado de saúde dele piorou. Ele acabou precisando mudar de tratamento e passou a respirar com a ajuda de ECMO (Oxigenação por Membrana Extracorpórea), uma espécie de pulmão artificial usado apenas em casos mais graves.

Dois dias depois, Paulo Gustavo precisou passar por uma pleuroscopia, para que a equipe médica pudesse verificar a condição de seus pulmões. Na ocasião, foi identificada uma fístula broncopleural, espécie de comunicação anormal entre os brônquios e a pleura. Ela foi corrigida.

Na quarta-feira (7), o marido de Paulo contou que o ator teve que receber uma transfusão de sangue. Segundo ele, devido ao ECMO, o paciente ficou "anticoagulado" e perdeu "um pouco de sangue", "Por isso precisou tomar algumas bolsas de sangue", explicou. Na mesma publicação, ele também incentivou as pessoas a irem doar sangue.

Porém, dias depois foi realizada uma toracoscopia, na qual uma nova fístula broncopleural foi identificada e corrigida. De acordo com comunicado da assessoria de imprensa do humorista, o procedimento foi um sucesso.
Folhapress
PUBLICIDADE
Continue lendo
Processo de 27 anos

Herdeiros de Vinicius de Moraes serão indenizados em R$ 3,4 mi devido a AI-5

11 MAI 2021 às 17h58
40 anos sem Marley

Maneva anuncia parceria com Natiruts e celebra influência de Bob Marley

11 MAI 2021 às 17h30
Saiba mais

'Grey's Anatomy' é renovada para 18ª temporada com Ellen Pompeo no elenco

11 MAI 2021 às 17h13
Confira!

Conheça os novos personagens da fase final da novela 'Salve-se Quem Puder'

11 MAI 2021 às 16h50
'Vem com a gente'

Arthur, do BBB 21, recebe convite do PT após fazer referência ao partido

11 MAI 2021 às 16h30
Acusado de racismo

Globo de Ouro divulga cronograma de reformas após sofrer boicote

11 MAI 2021 às 16h15
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados