Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Quarentena

Netflix doa R$ 5 mi para ajudar trabalhadores do audiovisual no Brasil

Tiago Bueno
14 abr 2020 às 11:47
- Pixabay
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A Netflix anunciou nesta terça-feira (14) a doação de R$ 5 milhões para ajudar trabalhadores do setor audiovisual brasileiro que foram afetados pela quarentena do novo coronavírus. O valor faz parte de um fundo criado pela plataforma, junto com o Icab (Instituto de Conteúdos Audiovisuais Brasileiros).

A iniciativa pretende ajudar profissionais como produtores, assistentes e operadores de câmera, maquiagem, figurino, entre outros, que em sua maioria recebem por semana ou não têm contratos garantidos. A ideia é beneficiar até 5.000 pessoas com depósito único no valor do salário mínimo, R$ 1.045.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Segundo a Netflix, a doação da plataforma faz parte do fundo de US$ 100 milhões (cerca de R$ 505 mi), anunciado no dia 20 de março, para ajudar pessoas do setor prejudicadas pela pandemia em vários países como o Brasil, que, segundo a plataforma, "é onde a Netflix tem uma grande base de produção".

Leia mais:

Imagem de destaque
Mídia digital

Quase metade dos brasileiros evita notícias, indica relatório da Reuters

Imagem de destaque
Veja vídeo

Influenciadora viraliza com 'calça de rica' e dá dicas de moda bem humoradas nas redes

Imagem de destaque
Fase de testes

IA do WhatsApp gera imagens de crianças armadas e associa fuzis a pessoas negras

Imagem de destaque
"Dançando para o Diabo"

Miranda Derrick, estrela do TikTok, culpa família por ameaças de morte após doc da Netflix


"A comunidade criativa brasileira sempre recebeu muito bem a Netflix e agora queremos fazer nossa parte para ajudar quem precisa de apoio neste momento sem precedentes que vivemos", disse no comunicado desta terça o vice-presidente de produções para América Latina da Netflix, Francisco Ramos.


O fundo, no entanto, será gerenciado pelo Icab, que receberá, a partir de 28 de abril, as inscrições dos profissionais que solicitarem a ajuda pelo site do Icab (icabrasil.org). A escolha pelos beneficiados será feita por um comitê formado por membros do instituto, da Bravi (Brasil Audiovisual Independente) e da Netflix.

As inscrições poderão ser feitas por dois meses ou até que os recursos do fundo se esgotem. O diretor-executivo do ICAB, Mauro Garcia, afirma que a ideia é "convocar outros membros da indústria audiovisual do país para contribuir e aumentar os recursos".


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade