Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Saúde mental

'Não era boa em ajudar a mim mesma', diz Fernanda sobre depressão antes do BBB

Folhapress
15 abr 2024 às 13:45
- Divulgação/TV Globo
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Fernanda revelou como sofria com a depressão antes do BBB 24 (Globo). Ela ainda compartilhou suas vivências nos casamentos e o impacto do programa em sua vida.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Leia mais:

Imagem de destaque
Casamento aberto?

"A gente fala sobre isso", diz Angélica sobre relação não monogâmica com Luciano Huck

Imagem de destaque
Pequeno Ravi

Viih Tube revela nome do segundo filho; feto tem mais de 150 mil seguidores

Imagem de destaque
"Gaga Returns"

Lady Gaga anuncia novo álbum quatro anos após seu último lançamento

Imagem de destaque
Entrevista ao Fantástico

Após passar por cirurgia no cérebro, Tony Ramos afirma que valoriza muito mais a vida

A ex-sister contou sobre o término do casamento. "Eu vivia um glamour. Eu estava num palco com roupa de cristal dançando para milhares de pessoas. Quando houve a ruptura da relação, a coisa desandou. Tudo que aconteceu comigo foi estando com alguém. Sozinha, não consegui galgar muita coisa. Fiquei perdida. Perdi a casa que a gente dividia, perdi o conforto, o lazer, o apoio. Comecei a ficar muito mal, à beira do desespero", confessou ao Extra.

Publicidade

Na segunda relação, com o nascimento da filha, também enfrentou desafios: "Não consegui trabalhar e pensei: 'como vai ser minha vida cuidando de dois filhos sem dinheiro?'. Porque meu [então] marido não era uma pessoa que ia dar dinheiro para a esposa administrar. Fiquei para baixo, não tinha ânimo para nada. Me vi no sofá estática, com uma criança rodando [Marcelo fazia movimentos repetitivos] e um bebê chorando".


Imagem
Título da página
Descrição da página


Fernanda detalhou sobre sua depressão e que não conseguia se ajudar: "Fui afundando no poço. Um dia levantei do sofá e reagi. Depois, quando comecei a dar aulas, minhas alunas também tinham depressão e eu as ajudei. Eu era muito boa em ajudar as pessoas, mas não era boa em ajudar a mim mesma".

Com o fim do BBB, a confeiteira aponta novos alicerces: "Ainda tenho muita carência em algumas questões. Mas, pelo volume de carinho que estou recebendo das pessoas, acho que elas não vão deixar [que ela tenha uma recaída]. Não estou sozinha, não captei fã, e sim empatia e amigos. Ninguém vai me deixar chegar naquele lugar de novo. Estou muito tranquila em relação a isso".

Publicidade

Últimas notícias

Publicidade