Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Medidas legais

Mulher que teria inspirado 'Bebê Rena' diz que autor é 'psicótico' e que tomará medidas legais

Folhapress
11 mai 2024 às 17:12
- Divulgação
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Fiona Harvey, 58, apontada com a inspiração para a stalker Martha na série "Bebê Rena" (2024), da Netflix, falou publicamente sobre a personagem e a trama no talk show britânico Piers Morgan Uncensored, transmitido no YouTube. A escocesa afirmou que pretende tomar medidas legais contra a produção.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Leia mais:

Imagem de destaque
No ar desde 1993

Netflix cancela séries de 'Power Rangers' e franquia pode chegar ao fim após 31 anos

Imagem de destaque
Entenda

Mulher que diz ter inspirado série 'Bebê Rena' processa Netflix por difamação

Imagem de destaque
Saiba mais

Plataforma Star+ vai ter conteúdo incorporado ao selo Disney+ em junho

Imagem de destaque
Do Rio para Hollywood

Anitta participa como jurada do RuPaul's Drag Race e exalta Pabllo Vittar e Gloria Groove

"É uma obra ficção. Há dois ou três fatos na série, que são: o nome dele ser Richard Gadd, que ele trabalhou como barman no The Holy Arms e que nos encontramos algumas vezes", pontou na entrevista.

Publicidade


Formada em direito (assim como a personagem Martha), Harvey disse que decidiu vir a público após sofrer ameaças na internet. Ela negou ter enviado 41 mil emails, 106 cartas e 350 mensagens de voz para Richard. "Nada disso é verdade. Eu acho que só mandei alguns emails e uma carta. Acho que ele inventou tudo isso", afirmou.


Ela também disse ao apresentador Piers Morgan que, diferentemente do que acontece na série, jamais foi presa. "Eu ouvi falar sobre a cena da corte, a cena da prisão. Eu não assisti a nada da série. Acho que ficaria enojada. Tudo isso já tomou muito tempo da minha vida. Acho algo obsceno, horrível e misógino", contou.

Publicidade


Sobre o criador e protagonista da trama, Richard Gadd, ela disse acreditar que ele tem problemas mentais. "Eu acho que Richard é psicótico", afirmou. A escocesa também aproveitou para mandar uma mensagem diretamente para ele. "Me deixe em paz, por favor", pediu. "Arrume uma vida e um trabalho de verdade. Estou horrorizada pelo que você fez."


Segundo Harvey, Gadd é quem teria pedido para dormir com ela, que negou ter sido apaixonada pelo ator. "Eu fui direta e disse a ele que não estava interessada, eu disse que tinha um namorado. Eu não me interesso por homens desempregados", afirmou.


A mulher finalizou a entrevista acusando Gadd de faturar ao contar inverdades. "Ele está lucrando com fatos inverídicos. Ele está sendo misógino", avaliou. Dirigindo-se ao público, ela fez um apelo: "Eu não posso mudar sua opinião sobre isso, eu só posso refutar o que foi dito. Vocês têm que decidir sozinhos, mas minha opinião está formada, Richard é um mentiroso e meus amigos concordam com isso".


Lançada em abril, "Bebê Rena", conta a história pessoal de stalking vivida pelo ator e comediante Richard Gadd, criador da série. Na trama, Martha se torna obsessiva por seu personagem, Donny, e passa a persegui-lo. Após o lançamento, a série ficou entre as mais vistas da Netflix nos EUA, no Reino Unido e no Brasil, entre outros países.


Imagem
Londrina terá uma grande temporada de shows; confira a programação
A programação cultural de Londrina vai contar com uma diversidade de shows neste semestre, passando por gêneros como o MPB, com Djavan, Axé, com Ivete Sangalo e até Pop, com Lagum.
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade