Pesquisar

Canais

Serviços

- Pixabay
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Participe!

Bibliocircuito 22 acontece neste fim de semana na Biblioteca Pública de Londrina

Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
24 mai 2022 às 19:09
Continua depois da publicidade

O final de semana vai ser agitado na Biblioteca Pública de Londrina. O Bibliocircuito 22 – A Vacina Antropofágica chega com uma programação especial e totalmente gratuita, que começa nesta sexta (27) e prossegue até domingo. O espaço cultural vai ser ocupado durante os três dias com exposição de livros raros, oficinas, palestras, cortejo antropofágico, comilança, debates, sarau literário e shows - com artistas, pensadores e antropófagos de Londrina e de outras cidades.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


O Bibliocircuito 22 é um projeto realizado pela APD (Associação dos Profissionais de Dança de Londrina) e Região Norte do PR, com patrocínio da Prefeitura de Londrina – Promic (Programa Municipal de Incentivo à Cultura), e apoio da Biblioteca Pública de Londrina 70 Anos, da Casa de Cultura da UEL e Rádio UEL FM. Com esta proposta, o projeto busca integrar ainda mais a Biblioteca à circulação artística e cultural de Londrina, a partir do mundo do livro e da leitura.

Continua depois da publicidade


A abertura do evento será nesta sexta-feira, às 17h30, com a exposição “Macunaíma no coração de Londrina” – acervo do professor Carlos Okawati, colecionador de obras de Mário de Andrade. Na sequência, às 19 horas, acontece um Cortejo nos arredores da Biblioteca - os participantes das oficinas passeiam pelo Bosque Central, pela Concha Acústica (onde a Orquestra Sinfônica do Paraná estará se apresentando em comemoração aos seus 37 anos) e voltam para a Biblioteca, onde o grupo realiza uma ocupação artística do prédio com a performance A Cobra Antropofágica . Esta apresentação é resultado das Oficinas Práticas do Bibliocircuito 22: Artes Performativas (coordenada por Edna Aguiar e Guilherme Kirchheim) e Artes Visuais (coordenação de Alex Lima).


No sábado (28), a programação começa às 14 horas, com a última atividade formativa do projeto, a Oficina Poesia em Pé, de leitura e criação literária, com a escritora Luiza Romão, de São Paulo. Poeta, atriz e slammer, ela integra a Palabreria - Coletiva que investiga o diálogo entre teatro, literatura, performance e vídeo -, e vai coordenar a oficina na Biblioteca do Centro Cultural Lupércio Luppi (região Norte), Aberta a todos que produzem e curtem a poesia viva. Inscrições gratuitas: https://forms.gle/NtTxpZgJ3iGwLYCZ8 (link também disponível no Instagram do projeto: bibliocircuito.londrina).


Às 16 horas, acontece a conferência “Mastigações antropofágicas: A arte de devorar o mundo em Oswald de Andrade”, um bate-papo com Rudá K. de Andrade, historiador de São Paulo, neto da escritora Patrícia Galvão (Pagu) e de Oswald de Andrade. Da Poesia Pau Brasil à Antropofagia oswaldiana, esta conferência traz reflexões sobre história, culinária e literatura. Por uma devoração crítica do mundo! Rudá também vai lançar no Bibliocircuito o livro “A arte de devorar o Mundo: aventuras gastronômicas de Oswald de Andrade”, que será vendido no local.

Continua depois da publicidade


Sarau Antropofágico e Ritual de Comilança "Além de ícones da Semana de 22, como Mário e Oswald, pensamos também na atualização daqueles ideais modernistas, principalmente a redescoberta de um Brasil real e profundo, por vozes que reivindicam hoje os seus lugares até então invisibilizados pela história oficial, como acontece na arte indígena, feminista e afro-brasileira", destaca Renato Forin Jr., um dos curadores do Bibliocircuito 22.


Ainda para o sábado, às 18 horas, está programado um sarau literário ao ar livre, sob o comando das escritoras Luiza Romão e Karen Debértolis e participação da DeejayFran & MisterRei, do kolletivo02 – Sound Kombi. Estarão se apresentando participantes das Oficinas de Leitura e Criação Literária, além de escritores da cidade e poetas do movimento hip hop.  Junto a tudo isso, um delicioso ritual de comilança sobre folhas de bananeiras, em que o público traz comidinhas para consumo próprio enquanto ouve poesia. Em frente à Biblioteca Pública e ao Teatro Zaqueu de Melo.


A programação se encerra no domingo (29). Às 10h30, o artista indígena, cantor e compositor Edivan Fulni-ô faz uma conferência com participação de indígenas da cidade. Nascido em Salvador (BA), Edivan vai apresentar um retrato da realidade dos povos originários, em especial os indígenas nordestinos.


À tarde, tem show na rua, em palco montado em frente à Biblioteca (em caso de chuva, a programação musical será transferida para o Cine Teatro Ouro Verde, com entrada gratuita). Às 15 horas, a banda londrinense Caburé Canela apresenta o show Cabeça de Cobre, uma exploração degustativa de timbres, instigante e profundo. A banda propõe um caminho que explora eletricamente e poeticamente signos e sons. Composições de Carolina Sanches, Lucas Oliveira e Pedro José, com arranjo musical coletivo.


Em seguida, às 16 horas, Edivan Fulni-ô sobe ao palco com sua banda para o show Demarcação Já! O artista indígena mergulha em vários estilos musicais, entre o pop-rock e o eletrônico, sem perder a identidade de seu povo. Edivan traz reflexões históricas e contemporâneas sobre os indígenas - a invasão das terras, o convívio em um campo de guerra, onde a luta é diária em defesa do território e da identidade. O show também terá participação de indígenas de Londrina.


Em tempo: ao longo do evento, na frente da Biblioteca, haverá feirinha de artesanato e de livros novos e usados.

Vacina Antropofágica em doses

O Bibliocircuito 22 – A Vacina Antropofágica aconteceu em doses. A primeira foi aplicada em fevereiro: o curso "Tupi or not to be", com o escritor e doutor em Letras, Renato Forin Jr. A segunda, no mês de maio, com oficinas de criação coordenadas pela escritora Karen Debértolis, a atriz e diretora Edna Aguiar, o artista Alex Lima e a escritora e slammer Luiza Romão.


Mas os produtores do evento já estão preparando a quarta dose! Devido à Covid, o Bibliocircuito teve que adiar a participação de convidados, como o ator Pascoal da Conceição, que chegaria a Londrina nesta sexta-feira, como o próprio Mário de Andrade. Entretanto, na véspera, ele testou positivo para Covid e não pode viajar.


O Bibliocircuito 22 tem curadoria de Renato Forin Jr, da bibliotecária e professora Sueli Bortolin e do historiador Marcio Carreri, todos de Londrina. O projeto foi idealizado pelo jornalista aposentado e colaborador Luciano Bitencourt, junto a um grupo de apoiadores da Biblioteca Pública de Londrina.

Mais informações nas redes sociais do projeto https://www.facebook.com/bibliocircuito e Instagram @bibliocircuito.londrina.

Serviço:

Bibliocircuito 22 – A Vacina Antropofágica De 27 a 29 de maio (sexta a domingo) Biblioteca Pública de Londrina (Av. Rio de Janeiro, 413). Evento GRATUITO

PATROCÍNIO: Prefeitura de Londrina / Secretaria Municipal de Cultura / PROMIC

APOIO: Biblioteca Pública de Londrina - 70 Anos, Casa de Cultura da UEL e Rádio UEL FM

REALIZAÇÃO: APD – Associação dos Profissionais de Dança de Londrina e Região Norte do Paraná

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade