Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Assalto

Ex-repórter da Globo baleada diz que só pensava nos filhos

Folhapress
15 fev 2024 às 18:00
- Reprodução/Facebook
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade

Ex-repórter do programa da Globo Esquenta!, Nathalia Santos, 30, está em situação estável num hospital do Rio de Janeiro após passar por uma cirurgia. Ela levou um tiro na região do quadril após um assalto.

Leia mais:

Imagem de destaque
Conversa com Bial

Bial terá Tadeu Schmidt e especial com 30 ex-BBBs em estreia de nova temporada na Globo

Imagem de destaque
Sucesso

Final do BBB 24 bate recorde de 30 milhões de votos na última hora

Imagem de destaque
Vai encarar?

Globo abre inscrições em dupla para Big Brother Brasil 25

Imagem de destaque
Pegação

Ex-BBB Vanessa Lopes é confirmada no elenco de Túnel do Amor


Publicidade

Em participação ao vivo no programa Encontro, disse que na hora em que tudo aconteceu só pensava nos filhos e que nem percebeu que se tratava de um assalto.


"A gente não recebeu a anunciação do assalto. Foi do nada, e a gente ouviu as duas balas. Fui atingida e falei para o meu esposo me levar para o hospital. Eu só pensava nos meus filhos e falava: 'não quero morrer, não quero morrer'", disse à apresentadora Patricia Poeta.

Publicidade


Ela segue no CTI e está sendo monitorada após uma cirurgia no fêmur. "A bala continua alojada. Mas os médicos estão otimistas", contou.


Segundo Nathalia, ainda não há movimento nos pés, mas isso é algo que não a preocupa no momento. "Estou feliz em estar viva", destacou.


A repórter estava num táxi que pegou na manhã de segunda (12), na região central da capital fluminense, após ver o segundo dia dos desfiles das escolas de samba do Rio de Janeiro, na Sapucaí.


A Folha de S.Paulo entrou em contato com a Polícia Civil do Rio de Janeiro para saber mais sobre o caso, mas não obteve resposta até a última atualização desta reportagem.


Imagem
Operação Delivery investiga tráfico de drogas em Cambé e Londrina nesta quinta
A Operação Delivery, que investiga o tráfico de drogas nas cidades de Cambé e Londrina, está cumprindo 14 mandados de busca e apreensão nesta quinta-feira (15).
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade