Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Luca Kumahara

Globo terá atleta trans entre comentaristas da Olimpíada de Paris

Cleo Guimarães - Folhapress
25 mai 2024 às 13:56
- Miriam Jeske/CBTM
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Atleta do tênis de mesa que disputou três edições olímpicas (2012, 2016 e 2021) entre as mulheres e se tornou uma referência do Brasil na modalidade, Luca Kumahara foi contratado pela Globo para fazer parte da equipe de comentaristas da emissora nos Jogos Olímpicos de Paris.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Leia mais:

Imagem de destaque
Samuka

Dançarino brasileiro com deficiência emociona jurados do America's Got Talent

Imagem de destaque
Principais da Europa

Veja onde assistir aos jogos e a lista dos campeões da Eurocopa

Imagem de destaque
Entenda

Manoel Carlos conta motivo de não ter dado uma 'Helena' para Lilia Cabral

Imagem de destaque
Após sete anos

Globo vai voltar a transmitir shows do Rock in Rio ao vivo na TV aberta

Luca iniciou em 2023 o tratamento hormonal no processo de transição de gênero e será o primeiro comentarista trans a fazer parte da cobertura da empresa no maior evento esportivo do planeta.

Publicidade


"É um desafio, a primeira vez que irei comentar. Mas de certa forma é também um reconhecimento por tudo que já vivi, conquistei e represento dentro desse esporte ser escolhido para comentar essa modalidade. Claro que é muito importante para a questão da visibilidade, de pessoas trans ocuparem mais espaço, e acho que essa oportunidade mostra muito isso", diz Luca, 28.


Em Paris, o Brasil estará representado no tênis de mesa nas equipes masculina e feminina. Hugo Calderano, há alguns anos está Top 10 no ranking da modalidade, é considerado candidato a uma medalha inédita para o país.


"A expectativa é muito boa", diz Luca, primeiro atleta trans da modalidade, já exercitando sua função de comentarista. "De um modo geral, acho que temos atualmente a melhor geração do tênis de mesa do Brasil e podemos ter boas perspectivas nesta edição dos Jogos".


Imagem
Desaparecimento de criança pode ser denunciado antes de 24h; saiba como
Campanha do Ministério da Justiça e Segurança Pública, lançada nesta semana, tem o objetivo de alertar a população para o fato de que não é preciso esperar 24 horas para registrar o desaparecimento de uma criança
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade