Pesquisar

Canais

Serviços

Lucas Uebel/Reprodução/Instagram (@gremio)
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Organizadas suspensas

Após invasão ao gramado, Grêmio terá de jogar sem torcida neste sábado

Folhapress
04 nov 2021 às 11:27
Continua depois da publicidade

Após a torcida do Grêmio invadir o gramado do seu estádio no último domingo (31), em razão da derrota para o Palmeiras e da má fase do time, o clube terá de jogar sem torcida no clássico contra o Internacional neste sábado (6), às 19h. A equipe também teve parte de seu estádio interditado e viu suas organizadas serem suspensas.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


A partida diante do rival está marcada para o Beira-Rio, casa colorada.

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


A decisão já foi tomada em dois âmbitos, tanto no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) como também pelo Juizado do Torcedor do Ministério Público do Rio Grande do Sul.


Primeiro, a Justiça Desportiva determinou na última terça-feira (3), em caráter liminar, que o Grêmio terá de jogar suas partidas de portões fechados e não terá direito a torcida nos jogos como visitante até que o episódio da invasão seja julgado -ainda não há data para isso acontecer.


Depois, nesta quinta-feira (4), o Juizado do Torcedor foi além: reiterou a proibição para a torcida gremista na partida, mas também suspendeu as torcidas organizadas tricolores e interditou a arquibancada norte da Arena do Grêmio.

Continua depois da publicidade


"Não tenho dúvidas ao afirmar que os benefícios, limitados à possibilidade de estar no estádio, e assistir ao jogo, não compensam o risco a que pessoas inocentes poderão se ver submetidas", afirmou o juiz Marco Aurélio Martins Xavier, do Juizado.


Na vitória do Palmeiras sobre o Grêmio por 3 a 1, no último domingo, a torcida do Grêmio invadiu o campo após o apito final e destruiu a cabine do VAR. Só deixou o gramado após a chegada da Brigada Militar do Rio Grande do Sul.


Depois do encerramento do jogo, torcedores de Grêmio e Palmeiras também trocaram socos pela lateral da divisória que separava o público local e visitante. Por causa da barreira, não houve um confronto mais grave.


A revolta gremista aconteceu porque a equipe está ameaçada pelo rebaixamento no Campeonato Brasileiro.

Além da derrota para o Palmeiras, nesta quarta (3) a equipe foi derrotada por 2 a 1 pelo Atlético-MG, favorito ao título, em Belo Horizonte.


O Grêmio atualmente está na penúltima colocação da tabela, com apenas 26 pontos em 28 jogos. Primeiro fora da zona de rebaixamento, o Bahia tem 33.


A equipe gremista tem mais dez partidas para disputar até o fim do Brasileiro.

Veja mais vídeos sobre esportes

Continue lendo