Pesquisar

Canais

Serviços

Lucas Uebel/Gremio FBPA
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Após invasão

Grêmio jogará com portões fechados até julgamento no STJD

04 nov 2021 às 09:36
Continua depois da publicidade

O presidente do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), Otávio Noronha, acatou, nesta quarta-feira (3), o pedido de liminar recebido no dia anterior para vetar a presença de torcedores do Grêmio nos estádios até que o clube seja julgado pela invasão do último domingo (31).

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Leia também

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


Torcedores do Grêmio invadem campo após derrota de virada para o Palmeiras


Torcedor do Grêmio parece imitar macaco para palmeirenses

Continua depois da publicidade


Acusado de provocar invasão, Luiz Adriano foi alvo do Grêmio três vezes


Grêmio identifica 22 invasores de campo e tenta atenuar possível punição


A decisão tem validade imediata, e, portanto, o Grêmio não poderá ter torcedores no Gre-Nal de sábado (6), a não ser que seja atendido caso recorra da decisão.


A liminar não mudou a condição dos gremistas na partida desta quarta, contra o Atlético-MG, já que eles haviam sido barrados no Mineirão por um motivo -a Prefeitura de Belo Horizonte, gestão Alexandre Kalil (PSD), ainda não liberou torcedores visitantes nos estádios da cidade.


O clube gaúcho ainda poderá seguir atuando em sua arena, alvo da invasão de torcedores ao gramado após o apito final da recente derrota por 3 a 1 para o Palmeiras, mas com portões fechados.


O time gaúcho está incluso nos artigos 213 e 211 do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva) e, após o julgamento final do STJD, poderá perder mando de campo de um a dez jogos, além de ser punido com multa.


A liminar foi oficializada em nota no site do STJD. O departamento jurídico do Grêmio tentará reverter a determinação. Atualmente, o tricolor gaúcho é o penúltimo colocado do Brasileiro, com 26 pontos.

Veja mais vídeos sobre esportes

Continue lendo